Eaton levou mega contrato no Itaú.

Tamanho da fonte: -A+A

A Eaton será a fornecedora dos equipamentos de energia do novo data center do Itaú, um investimento de R$ 2,3 bilhões em construção desde março em Mogi Mirim, no interior de São Paulo.

O contrato é o maior já feito pela Eaton com uma companhia individual, revela o Valor Econômico.

De acordo com a reportagem, cerca de 830 equipamentos, entre nobreaks, painéis e unidades de distribuição de energia, serão fornecidos ao banco  para o seu novo CPD.

A entrega e instalação dos equipamentos - que inclui também aparelhos de ar-condicionado - devem acontecer no primeiro semestre do próximo ano.

O novo CPD vai concentrar o maior data center do banco e aumentar em dez vezes seu potencial de processamento.

Com área de 800 mil metros quadrados, o novo centro foi desenhado sob conceitos de green IT e só em energia irá gerar economia na casa dos 40%.

Ele também relata ganhos em segurança e eficiência que permitirão manter a filosofia de Itaú 30 Horas adotada pelo banco.

A estimativa é gerar 700 novos empregos no CPD de Mogi Mirim, que será dividido em duas unidades interligadas, com possibilidade de operar independentemente em caso de falha.