Chery adota solução da Neovia. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A chinesa Chery, montadora de carros que tem operação no Brasil, adotou a solução de rede para internet da Neovia para otimizar os processos de seu ERP, armazenado na nuvem.

A aplicação beneficia diretamente 200 funcionários nas cidades de Salto, onde está o centro de distribuição, e Jacareí, onde estão sendo construídas a fábrica de veículos e a sede administrativa da empresa.

Segundo a montadora, com a migração do sistema de gestão para o ambiente web, eliminou a necessidade de armazenamento em uam rede física no centro de distribuição, atendendo cerca de 200 funcionários.

"Por esse motivo, detectamos a necessidade de uma conexão rápida à Internet para que os dados pudessem ser acessados e gerenciados adequadamente”, diz Fernando Santos, gerente de Tecnologia da Informação da Chery Brasil.

No projeto, a Neovia implantou um link de 20 Mbps via sinal de rádio, em um processo realizado em março e levou cerca de dez dias, e passou a suportar as operações de Centro de Distribuição, incluindo importação, vendas e distribuição de peças, além das demandas das áreas de logística, comércio exterior e relacionamento com cliente, entre outras.

A operação de Jacareí adotou 10 Mbps para o escritório administrativo e outros 20 Mbps na fábrica de veículos.

“O principal benefício foi a visualização rápida e integral das informações geradas pelos respectivos ERPs de cada unidade, permitindo que todos os processos corporativos internos sejam executados com a agilidade desejada e um excelente nível de performance”, exemplifica o gerente de TI da Chery.

Fundada em 1997, a Chery Automobile tem presença em 80 países, 16 unidades produtivas e aproximadamente 25 mil funcionários em todo o mundo. No Brasil, a Chery iniciou atuação em 2009 por meio de representantes comerciais.

De São Paulo, a Neovia atende a capital paulista e regiões metropolitanas de São José dos Campos, Campinas, Sorocaba, Santos e Ribeirão Preto, com tecnologia de transmissão wireless (microondas) de sistema de conexões (backbone) redundante e dupla saída de internet.

A companhia tem como seus principais acionistas a Intel Capital, DGF/REIF e Stratus.