LIDERANÇA

Neon tem novo sócio

12/02/2019 14:05

Adriano Lima ficará responsável pela liderança das áreas de pessoas e experiência do cliente.

Adriano Lima, novo sócio da Neon Pagamentos. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Adriano Lima é o novo sócio da Neon Pagamentos, fintech que oferece uma conta digital para transações financeiras. O executivo ficará responsável pela liderança das áreas de pessoas e experiência do cliente.

Lima possui mais de 25 anos de experiência executiva nas áreas de recursos humanos e desenvolvimento organizacional em empresas como Unilever Bestfoods, Mastercard, Itaú Unibanco e Dasa. Ele também é fundador da AL+ People & Performance Solutions e da startup PeopleTech.

"Vamos manter atributos e valores de agilidade e inovação que são característicos da Neon, ao mesmo tempo em que promovemos mais planejamento e organização. São valores que podem convergir e trazer mais eficiência e resultados para a fintech", destaca Lima.

Para 2019, o executivo prevê a estruturação, em conjunto com uma consultoria externa, de dois programas: desenvolvimento profissional e plano de carreiras. 

Ainda em fevereiro, será lançado o programa de indicação de candidatos externos (batizado de Indicaê) e o programa de desenvolvimento interno (Decola).

"Estamos montando trilhas de carreira para que os espaços sejam mais claros dentro da fintech. Queremos também que a Neon se torne a melhor empresa para se desenvolver profissionalmente e crescer", afirma Lima.

Com quase 200 funcionários, a Neon levantou, em 2018, R$ 72 milhões em investimentos Series A. O aporte foi liderado por Propel Ventures, Monashees e Quona.

Veja também

FINTECH
Neon lança conta digital para empresas

A Neon Pejota é direcionada a Microempreendedores Individuais (MEI) e Pequenas Empresas.

SEGURANÇA
MP: dados vazaram do Banco Inter

O Ministério Público pede a condenação do banco ao pagamento de R$ 10 milhões.

FACES
SPC usa biometria da Acesso Digital

O SPC vai oferecer a tecnologia para os seus clientes com o nome SPC Reconhecimento Facial.

PAGAMENTOS
Não existe cartão de crédito no Brasil

"Quem perde de fato é o consumidor e o mercado brasileiro".

MOBILIDADE
Zuum fecha e decreta o fim de um segmento

A Zuum encerrou suas operações em dezembro de 2018.

STARTUP
Adianta recebe aporte de R$ 8 milhões

A empresa planeja ampliar o time de engenheiros de desenvolvimento e a equipe de vendas. 

FINTECH
Beblue será novo banco digital

A empresa prepara uma mudança nos negócios após a venda do controle da empresa para o fundo Vit.

FINANÇAS
Matera fatura R$ 118 mi, alta de 17%

São 100 clientes em entre bancos, varejistas e fintechs.