José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato. Foto: divulgação.

A Librelato S.A, uma das maiores fabricantes de implementos rodoviários do Brasil, acaba de implementar o software de gerenciamento do ciclo de vida do produto (PLM, na sigla em inglês) TeamCenter da Siemens Digital Industries Software.

O projeto foi entregue pela PLMPRO, parceira certificada Siemens. 

Antes de adquirir o TeamCenter a empresa ainda fazia a gestão dos arquivos em pastas da rede corporativa compartilhadas entre a equipe, apresentando riscos de perda de informações estratégicas bem como utilização de dados desatualizados.

Desde o início da operação, já se registrou um aumento de 40% na eficiência da engenharia de produtos, que, por sua vez, passou a executar um trabalho melhor e com uma equipe mais bem distribuída.

“O principal desafio foi o de promover as mudanças com as equipes das áreas envolvidas, principalmente na forma de pensar e de executar as rotinas. Com muito empenho e treinamentos das equipes foi possível transmitir confiabilidade aos usuários, gerando melhorias significativas em nossos processos”, afirma José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato.

De acordo com Marco Camargo, diretor de Operações da Librelato, viabilizar a integração com o ERP era um dos principais desafios.

“Devido à ausência desta sincronização, o trabalho era manual, onerando a equipe nas atividades rotineiras. A atualização com o TeamCenter possibilitou o avanço nas tecnologias utilizadas pela engenharia da Librelato, além de oportunizar a implementação do Manufacturing e Product Cost", afirma Camargo.

A Librelato tem cerca de 1,6 mil colaboradores, faturamento na casa do R$ 1 bilhão e oferece amplo portfólio que inclui reboques, semirreboques, bitrens, tritrens e rodotrens, entre outros implementos. A empresa concentra sua operação em Santa Catarina, com duas unidades em Içara e uma em Criciúma.