Isqueiros Cricket são um produto conhecido da Swedish Match

A Swedish Match Brasil, mais conhecida pelos fósforos Fiat Lux e os isqueiros Cricket, acaba de fazer um upgrade para o Totvs V12, junto com o qual foi feito também a compra do GFE, produto da companhia brasileira para processos de controle de frete.

Com uma operação envolvendo três fábricas no Brasil, sendo duas no Paraná e uma em Manaus, a Swedish precisava de mecanismos mais assertivos e direcionados ao controle de fretes de 22 transportadores.

Todo o projeto de implementação durou menos de um mês. A companhia emite 1,3 mil notas fiscais por mês, com 80% desse número passando pelo redespacho. 

Este processo envolve a saída dos produtos até uma parte do trecho, em um centro de distribuição, de onde são remetidos para o trajeto final. 

“Precisamos garantir a nossa evolução para obter mais produtividade e reduzir custos. O GFE nos permitiu alcançar esses objetivos através do provisionamento assertivo e rapidez na consolidação das informações da companhia que são repassadas ao nosso escritório central, na Suécia”, afirma Sidney Simas, IT Manager da Swedish Match Brasil.

A Swedish é cliente da Totvs desde 1995 e utiliza todo o escopo de atendimento do software de gestão e dos módulos especialistas no seu nicho de atuação, do back office, ao financeiro, fiscal, contábil, chão de fábrica, estoque, planejamento, entre outros. 

A matriz da companhia fez em 2013 uma migração para o Dynamics AX da Microsoft, um produto com uma base ainda pequena no país. Com a decisão de ir para o Totvs 12, a empresa parece ter fechado a possibilidade de unificar sistemas.

O Brasil é uma das maiores operações da Swedish Match em funcionários, com 672 colaboradores frente a um total mundial de 4,3 mil espalhados por 12 fábricas no mundo. 

A companhia tem uma forte presença com tabaco de mascar nos Estados Unidos e um faturamento na casa dos 13 bilhões de coroas suecas anuais, algo como R$ 5,32 bilhões.