A KPIT Technology anunciou uma unidade no Rio de Janeiro. Foto: Andrea Visconti/Shutterstock.

A multinacional indiana KPIT Technology acaba de anunciar a abertura de uma operação Oracle no Rio de Janeiro. 

A liderança da operação será de Vienne Paello Guimarães, gerente comercial. A profissional já trabalhou em empresas como Enorey Internacional, Aliz Inteligência Sustentável e CTIS Tecnologia. 

Nelson Bergamo, diretor de negócios da KPIT para Oracle, explica que além da expansão dos negócios, a base também será responsável pelo atendimento dos clientes que possuem base na capital carioca.

“O Rio de Janeiro possui inúmeras oportunidades, especialmente na área de Oil & Gas e Energia. Por isso, calculamos que, até dezembro próximo, teremos em nosso portfólio de seis a oito novos clientes”, explica.

Recentemente a KPIT inaugurou um novo escritório em Porto Alegre, para o atendimento aos clientes do Sul do país. 

A expansão está diretamente ligada à estratégia da companhia de alcançar US$ 1 bilhão de receita anual até 2017 – atualmente o faturamento é da ordem de U$ 400 milhões -, dos quais o Brasil tem a missão de responder por 10% (hoje fica na faixa de 2,5%).

A KPIT possui atualmente parcerias com mais de 200 corporações globais, incluindo fabricantes de equipamentos originais (OEMs), empresas de semicondutores e Tier 1.

A KPIT chegou no Brasil em em 2012 com a compra global da Systime, um dos maiores fornecedores mundiais de JD Edwards. Hoje, a empresa já tem 120 profissionais (a meta é chegar a 500 em três anos) e mais de 20 clientes ativos.