A Pi Investimentos espera atingir 1 milhão de clientes em quatro anos. Foto: Divulgação.

O grupo Santander contratou a Everis, multinacional de soluções de estratégia e de negócios, como incubadora e parceira operacional e estratégica nas áreas de tecnologia e de negócios para o lançamento da Pi Investimentos, plataforma 100% digital instalada em uma nuvem privada.

“O Grupo Santander queria aliar sua credibilidade, solidez e confiança à agilidade e capacidade de inovação das fintechs, para se destacar no segmento de investimentos com a oferta de produtos e serviços 3.0, sem intermediários, com melhores preços e oportunidades, assim nasceu a ideia da Pi, cujo projeto começou literalmente do zero”, afirma Felipe Bottino, CEO da Pi Investimentos. 

A Everis foi contratada para incubar e apoiar a ideia em todas as suas etapas, da criação e implementação até a operacionalização no prazo de sete meses.

“A escolha se mostrou muito assertiva, pois tínhamos decisões importantes a serem tomadas diariamente e a Everis nos apoiou nas escolhas operacionais e estratégicas relativas à tecnologia, gestão e governança, mostrando-se ágil, flexível e comprometida com o sucesso do projeto”, explica Bottino.

Os times da Everis e da Pi trabalharam juntos na concepção da nova companhia, definição de arquitetura, escolha de parceiros tecnológicos, organização de processos, provas de conceito, testes técnicos e operacionais, na estratégia de User Experience e na elaboração de todos os canais de comunicação com os clientes, bem como na estruturação do backoffice e das políticas de governança.

De acordo com o CEO da Pi, o objetivo é manter a Everis como parceira nos próximos anos, mas ter também uma equipe própria de tecnologia, pois a plataforma tem grandes expectativas de crescimento – atingir 1 milhão de clientes em quatro anos.