Daiana de Leonço Monzon, diretora de Inovação da Universidade Feevale.

A incubadora de empresas da Feevale, universidade situada em Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre, acaba de receber o certificado Cerne nível 1.

O Cerne foi criado pela Anprotec e o Sebrae e é um conjunto de práticas, divididas em quatro níveis de maturidade, numerados de 1 até 4. A adesão visa aumentar a eficácia da incubadora na seleção, qualificação e desenvolvimento dos empreendimentos.

Ao todo, ao redor de 30 das 370 incubadoras no país estão certificadas em algum nível, incluindo nomes como Incubadora Midi Tecnológico, em Florianópolis; Incubadora do Porto Digital, em Recife; a Unitec, incubadora do Tecnosinos, em São Leopoldo; a Supera, em Ribeirão Preto e a Raiar do Tecnopuc, em Porto Alegre.

“A certificação faz com que nos tornemos um agente de desenvolvimento econômico, e que também possamos ajudar a região, buscando uma diversificação da matriz produtiva local”, afirma a diretora de Inovação da Universidade Feevale, Daiana de Leonço Monzon.