NÚMEROS

TCS Brasil cresce 40%

12/08/2014 09:50

Faturamento da multinacional no país é de US$ 129,1 milhões. 

Ankur Prakash. Foto: ankurprakash.com

Tamanho da fonte: -A+A

A Tata Consultancy Services (TCS) teve crescimento de 40% no Brasil no ano passado e 35% na América Latina, onde está presente em oito países. 

Em nota, a TCS não revela valores ou a que indicador financeiro se aplica ao índice. Procurada pela reportagem do Baguete, a empresa disse que não abriria os números.

No entanto, em junho do ano passado, o Valor Econômico revelou, em uma matéria com entrevista de Ankur Prakash, executivo de operações da TCS na América Latina, que o Brasil representava 20% dos US$ 410 milhões obtidos na América Latina no ano fiscal 2013, encerrado meses antes.

Aplicando a taxa de 40% a esse valor, na faixa dos US$ 92,8 milhões, é possível afirmar que o faturamento da multinacional no país é de US$ 129,1 milhões. 

O valor é expressivo no contexto brasileiro, mas abaixo da participação típica do Brasil nos negócios de empresas na região, que costuma ficar na faixa dos 50%.

“Nossa meta é crescer exponencialmente no Brasil, com uma lista pequena de prospects e aumentando cada vez mais a relevância dentro dos clientes que já atendemos”, explica na nota da TCS o próprio Prakash.

Na matéria do ano passado no Valor, o executivo deu mais detalhes da meta, apontando que o objetivo era elevar a receita na região para US$ 1 bilhão, com a participação do Brasil sendo elevada para 30% do total (ou US$ 300 milhões) até 2016.

Para chegar ao número, a TCS vai ter que acelerar um pouco, o que não é pouco para se pedir com a média setorial na faixa dos 10% e o PIB para os próximos dois anos previsto para ficar abaixo de 1%.

Mantido os 40% anuais, a TCS chegaria a 2016 com um faturamento de US$ 254 milhões.

Em nível mundial, é pouco dinheiro. Só no primeiro trimestre do ano fiscal 2014, encerrado em junho, a empresa faturou US$ 3,69 bilhões, 16,7% maior em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Veja também

BEBIDAS
TCS administra infra de TI da Diageo

Empresa britânica tem marcas como Johnnie Walker, Smirnoff, Cîroc e Guinness.

RESULTADO
Tech Mahindra: receita de US$ 3,09 bilhões

O lucro da empresa no ano foi de US$ 498 milhões.

APOSTA
Sikka, ex-SAP, assume Infosys

Sikka é um bam bam bam: na SAP era responsável pelo banco de dados em memória Hana e tido como um candidato a assumir a companhia.

LIDERANÇA LATAM
Corbi no comando das vendas da Infor

Executivo dirigirá as vendas de todos os produtos da empresa, com plano de fomentar o crescimento.

APORTE
Vizury: US$ 16 mi para Brasil e Latam

Com o novo aporte, o plano é aumentar a participação no país e região.

PARCERIA
Wipro gerenciará apps mobile da SAP

Serviços de gerenciamento da Wipro integrarão as soluções SAP Mobile Platform, SAP Work Manager e o SAP Mobile Secure.

RANKING
TCS: única novidade nas 10 maiores de TI

Saltando da 13ª posição em 2012 para o 10º lugar em 2013, a empresa é a única indiana no top 10.