Jéferson de Castilhos e Jaison Niehues, fundadores da 1Doc. Foto: Divulgação.

Petrolina, a quinta maior cidade de Pernambuco, vai desenvolver o projeto Petronline com a ampliação do uso da plataforma 1Doc, voltada para  comunicação, atendimento e gestão documental. O contrato foi fechado pela Alfa Consultoria, revenda da companhia na região.

A prefeitura de Petrolina espera reduzir gastos e agilizar os processos com a utilização da ferramenta. Além disso, busca mais transparência nas tramitações dos processos administrativos a partir de uma maior interação entre a população e o poder público.

O projeto Petronline prevê uma economia direta de R$ 39.618,42 por mês ao acabar com a comunicação em papel.

A cidade já utiliza a plataforma da 1Doc desde 2017 com os módulos de Ouvidoria, e-SIC e Memorando. Os 109 usuários realizam uma média de 1,3 mil atendimentos ao mês. 

Com o novo projeto, passa a desenvolver um acervo digital com a adoção do sistema também para gestão de documentos.

Em fevereiro, a 1Doc foi adquirida pela Softplan. A companhia catarinense pretende investir mais de R$ 5 milhões nos próximos dois anos para integrar a ferramenta às demais soluções da empresa voltadas para a gestão de processos e documentos digitais. 

Os fundadores da 1Doc, Jaison Niehues e Jéferson de Castilhos, seguem à frente da empresa. 

Fundada em 2014, a 1Doc começou a atuar com o objetivo de desenvolver uma solução que oferecesse transparência para a população nas demandas municipais, além de reduzir custo com a papelada gerada pelas prefeituras. 

O sistema permite que o cidadão tenha comunicação direta via internet com a prefeitura do município para a resolução de problemas da cidade.

A Softplan, de Santa Catarina, tem cerca de 1,8 mil colaboradores. A empresa atua há 28 anos no desenvolvimento de softwares de gestão empresarial e gestão pública.