Foto: http://www.flickr.com/photos/paulm

Tamanho da fonte: -A+A

Uma pesquisa global realizada pela F-Secure aponta que 31% das crianças de até 12 anos no Brasil já possuem um dispositivo móvel com conexão à internet. O número é superior ao do Japão, por exemplo.

O estudo feito com usuários de banda larga em 14 países mostra a Índia na liderança, onde 53% das crianças estão conectadas via smartphones. Na sequencia estão Estados Unidos (37%), Brasil e Espanha (31%).

Por outro lado, o Japão se destaca pelo menor percentual, onde somente 9% das crianças japonesas com até 12 anos estão conectadas por meio dos dispositivos móveis.

A posição dos brasileiros, à frente dos japoneses, surpreende pelas características de conexão dos país. Uma comparação feita pelo site Techtudo mostra a superioridade dos serviços de internet do Japão.

Enquanto no Brasil geralmente ofertam conexões de 1 à 8 Mpbs, no país asiático a velocidade da internet chega a 1 Gpbs, quase mil vezes mais rápida. Em um vídeo no YouTube, um brasileiro demonstra na prática um download com a conexão japonesa.

Caracterizada pela fibra ótica, o preço médio é de R$100 por mês. No Brasil, os pacotes variam de R$ 40 e R$100,00 mensais.

Neste ano, a operadora japonesa Softbank anunciou o lançamento sua internet 4G velocidade de 76Mbps - cerca de 70 vezes mais rápida em comparação com o ainda não lançado 4G brasileiro. O serviço custa US$ 50,00 para planos de dados no smartphone.