INDÚSTRIA

Atos, Siemens e SAP: juntas em manutenção preditiva

12/09/2019 13:10

Siemens entra no chão de fábrica, SAP no planejamento de manutenção e Atos com edge computing.

Parceria visa fazer a manutenção preventiva de fábricas. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

As empresas Atos, SAP e Siemens vão atuar conjuntamente em projetos ligados à indústria 4.0 no Brasil. O grupo vai levar inicialmente ao mercado uma oferta voltada para manutenção preditiva.

Durante o SAP NOW, realizado em São Paulo nesta semana, as empresas anunciaram a vinda da parceria para o Brasil. 

As três companhias, que têm suas sedes principais na Europa, já desenvolveram projetos em conjunto globalmente.

A solução de manutenção preditiva, que utiliza recursos de inteligência artificial para antecipar problemas em equipamentos de fábricas, trabalha a partir de informações captadas pelos sistemas da Siemens, que estão na área operacional.

O lado da SAP começa com o planejamento de manutenção integrado ao sistema de produção.

Já a Atos agrega o edge computing para gerenciar dados. Em projetos com tecnologia de internet das coisas, a oferta facilita o processamento em ambientes em que uma resposta rápida é crítica e os dados precisam ser processados e analisados em tempo real. 

"O conserto pode ser feito com uma plataforma de comunicação da Atos para manutenção remota, que utiliza recursos de realidade aumentada para que a equipe de campo tenha suporte de especialistas à distância", detalha Nelson Campelo, CEO da Atos para a América do Sul.

Para isso, o processamento dados de IoT é feito perto da fonte em que eles são gerados, para que sejam tratados imediatamente. O objetivo é analisar os dados e aplicar inteligência artificial em tempo real para obter informações aprofundadas sobre a produção.

A Atos, integradora responsável por liderar a parceria com SAP e Siemens, colabora assim para consolidar os dados capturados nas máquinas e determinar o melhor momento para realizar a manutenção, além de entender os motivos das falhas para reduzir as possibilidades de paradas futuras.

"Com esse tipo de projeto, podemos determinar exatamente por quanto tempo a máquina ainda vai funcionar e até quando a equipe pode seguir o trabalho sem as correções nos equipamentos", completa Pablo Fava, vice-presidente sênior da Siemens Digital Industries no Brasil.

*Júlia Merker cobre o SAP NOW, em São Paulo, a convite da SAP.

Veja também

AUTOMAÇÃO
WEG compra 51% da PPI Multitask

Companhia de motores catarinense reforça sua posição na Indústria 4.0.

INDÚSTRIA 4.0
Siemens turbina oferta com Mendix

Companhia estreou novo portfólio e novo nome: Siemens Digital Industries Software.

INDÚSTRIA 4.0
SKA tem centro de manufatura digital

Companhia investiu R$ 4 milhões em local para mostrar impressoras 3D em São Leopoldo.

ENGENHARIA
Seta, ex-Integral, está na Virtual CAE

Empresa de São Caetano tem software próprio de otimização topológica. 

INDÚSTRIA
Siqueira, ex-Siemens PLM, é VP da STOR

Executivo tem a missão de desenvolver o mercado americano para a companhia.

FUTURO
MindSphere fecha ciclo dos gêmeos digitais

Na visão da Siemens, a Internet das Coisas é peça chave para a estratégia 4.0 da indústria. 

STARTUP
Inventsys vence desafio da Bosch

O Bosch Challenge Day for Startups foi realizado no Connectory, espaço recém-inaugurado pela empresa em Curitiba.