O Banco BMG contratou a Plusoft para ampliar sua oferta de canais digitais. Foto: Divulgação.

O Banco BMG contratou a Plusoft para ampliar sua oferta de canais digitais. Por meio da implementação do Assistente Virtual Inteligente (AVI), o banco espera reduzir o número de chamadas por telefone e oferecer mais opções de atendimento na internet. 

O AVI é uma plataforma de chat robotizado projetada para interagir com clientes por meio de um avatar. Desenvolvida pela Virtual Interactions, empresa do Grupo Plusoft, a ferramenta é capaz de atender os consumidores sem a necessidade de um agente humano.

“Queremos oferecer uma opção de atendimento 24h que permita que o usuário sane suas dúvidas e faça solicitações. Escolhemos a plataforma da Plusoft porque ela também se conecta com os sistemas legados do banco, o que garante uma interação com o cliente personalizada com base na análise de dados de cada pessoa”, explica Flávio Oliveira, gerente de atendimento ao consumidor do Banco BMG. 

Segundo o executivo, cerca de 1,4 milhão de atendimentos são realizados por telefone por mês, sendo que 65% são efetuados pela Unidade de Resposta Audível (URA), ferramenta telefônica em que o consumidor utiliza o autosserviço por meio da discagem de números. 

“Com a implementação do AVI, a meta é que mais de 80% das solicitações dos clientes sejam resolvidas sem a necessidade de contato com um atendente”, informa Oliveira.

O Banco BMG é cliente de outros serviços do Grupo Plusoft há quinze anos. A instituição utiliza desde 2001 a solução Plusoft CRM, tecnologia para gestão de relacionamento com clientes por e-mail, telefone, chat e outros canais. 

O banco ainda implementou, há três anos, a iCustomer, solução da Plusoft para monitoramento, análise e interação nas redes sociais. 

“Com o Assistente Virtual Inteligente, ficará ainda mais fácil para o usuário do BMG solucionar suas demandas pela internet. Além de reduzir custos, nossa tecnologia trará ganho na satisfação dos clientes, já que todas as dúvidas serão respondidas com mais agilidade”, diz Guilherme Porto, CEO da Plusoft. 

Fundada em 1988, a Plusoft conta com mais de 1,4 mil funcionários, que atendem a mais de 260 clientes e 65 mil usuários no Brasil. Entre as empresas atendidas pela companhia estão 3M, Arno, Banco BMG, Danone, Grupo Fleury, Itaú, Nívea e TIM.

O Grupo BMG soma mais de 85 anos de atuação em diversos setores da economia. Além do Banco BMG, conta com empresas agropecuárias, de câmaras frigoríficas portuárias, de geração de energia limpa, infraestrutra para linhas de transmissão de energia, negócios imobiliários e tratamento de resíduos urbanos, industriais e hospitalares.

Como outras instituições financeiras, o Banco BMG tem enfrentado problemas nos resultados devido à crise, e a consequente necessidade de reduzir custos. 

Em 2015, o lucro líquido do Banco BMG, empresa de maior visibilidade do grupo, ficou em R$ 189 milhões, uma queda de 39% em relação ao valor registrado no ano anterior. 

Neste ano, o resultado do grupo seguiu em queda. O banco BMG registrou lucro líquido de R$ 6 milhões no primeiro trimestre de 2016, uma diminuição de 84,7% na comparação com o mesmo período de 2015.