Sergio Furio, CEO e fundador da Creditas. Foto: Divulgação.

A Creditas, plataforma digital de empréstimos, anuncia a captação de mais R$ 165 milhões em investimentos. A nova rodada teve como líder o Vostok Emerging Finance (VEF), fundo de investimento cotizado na Bolsa da Suécia focado em fintechs de mercados emergentes. 

Além do novo sócio, também participaram os atuais investidores da Creditas, incluindo Kaszek Ventures, Quona Capital, QED Investors, International Finance Corporation e Naspers Fintech.

A Creditas (ex-BankFacil) pretende utilizar os recursos para dar suporte ao seu plano de expansão, com investimentos direcionados principalmente para tecnologia e aumento da base de clientes. 

Com 285 funcionários, a Creditas quer desenvolver novos produtos e explorar novos mercados no próximo ano.

"Estamos só no começo, em 3 anos queremos crescer 30 vezes. Além disso, nosso objetivo é liderar a disseminação do crédito com garantia como instrumento para reduzir a taxa de juros do consumidor, fomentando o uso produtivo do endividamento", aponta o CEO e fundador da Creditas, Sergio Furio.

A Creditas é uma plataforma de empréstimo de crédito digital,oferecendo empréstimos com taxas a partir de 1,15% a.m.

"Acreditamos que o Brasil oferece a maior oportunidade para fintechs do mundo e a Creditas está atacando essa oportunidade com um enfoque totalmente diferente. A empresa tem uma das equipes de gestão mais fortes que temos visto, por isso, estamos ansiosos para apoiá-los nesta jornada à frente", aponta o diretor da Vostok Emerging Finance, Dave Nangle.

No início de 2017, a Creditas recebeu um aporte de R$ 60 milhões liderado pelo International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial.