Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil. Foto: Divulgação.

A SAP ficou em primeiro lugar entre as 50 empresas que aparecem na lista "Melhores Lugares para Trabalhar 2020", do Glassdoor.

O estudo considera as operações de SAP Brasil em São Paulo e Rio de Janeiro e SAP Labs Latin America, em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre. 

A premiação, que está em seu 12º ano e acontece no Brasil pela primeira vez, é baseada exclusivamente na opinião dos funcionários. Eles fornecem feedback anônimo sobre seu ambiente de trabalho no Glassdoor, que no Brasil comprou a plataforma Love Mondays.

“Para a SAP Brasil é motivo de orgulho receber uma premiação que parte da ação espontânea de nossos funcionários, que nos reconhecem como um bom lugar para construírem sua carreira, destacando o ambiente saudável e produtivo que construímos juntos, diariamente”, explica Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

Outras empresas de tecnologia também aparecem na lista: ThoughtWorks (2º lugar), Google (3º), Nubank Brasil (10º), CI&T (14º), Amazon (19º), Dell Technologies (20º), Loggi (22º), Siemens (28º), Mercado Livre (30º), BRQ (33º), Microsoft (36º), Oracle (41º) e Senior Sistemas (48º).

No Glassdoor, tanto ex-funcionários quanto os atuais compartilham insights e opiniões sobre seus ambientes de trabalho de forma voluntária e sigilosa, postando uma avaliação da empresa. 

Ao deixar uma avaliação no Glassdoor, os funcionários precisam classificar sua satisfação em relação ao ambiente de forma geral, oportunidades de carreira, remuneração e benefícios, cultura e valores, alta liderança e qualidade de vida. Além disso, é necessário que os funcionários descrevam pontos positivos e negativos sobre o local.

"Este novo ano vai marcar o início de uma década ‘culture-first’, em que a cultura do local de trabalho ganha cada vez mais relevância. Os vencedores do prêmio Melhores Lugares para Trabalhar são empresas que colocam a cultura, a missão e as pessoas no centro de tudo o que fazem. E, por isso, seus funcionários as reconhecem como os Melhores Lugares para Trabalhar em 2020”, diz Christian Sutherland-Wong, presidente, diretor de operações do Glassdoor. 

Os vencedores do prêmio Melhores Lugares para Trabalhar do Glassdoor foram determinados com base em avaliações de empresa compartilhadas por funcionários de 23 de outubro de 2018 a 21 de outubro de 2019. Para ser considerada, a empresa deve ter pelo menos 1 mil funcionários e ter recebido pelo menos 30 avaliações no período. 

A lista final é compilada usando o algoritmo proprietário do Glassdoor, sob a liderança da equipe de pesquisa econômica, e leva em consideração a quantidade, qualidade e consistência das avaliações.