Ficou mais fácil andar de ônibus em Porto Alegre. Foto: flickr.com/photos/jcassiano

Usuários do transporte coletivo em Porto Alegre podem consultar sugestões de linhas de ônibus na capital no Google Maps a partir desta segunda-feira, 13.

Segundo dados do buscador, o chamado Google Transit está disponível em 800 cidades, lista que inclui Curitiba e São Paulo no Brasil.

De acordo com informações da Zero Hora, o recurso vinha em tratativas entre o gigante da internet e a prefeitura desde o final de 2011.

Não está muito claro no que as “tratativas” podem consistir. No seu site, o Google explica a adesão ao serviço em uma guia de nove passos, um processo impessoal típico da empresa consistindo basicamente em enviar dados dentro do padrão exigido.

De qualquer forma, a data de início do processo indicada pelo jornal coincide com uma pequena crise gerada na EPTC pela disponibilização no começo de 2011 do Poabus, um sistema bastante parecido com o Google Transit criado por Bruno Jurkovski um estudante de 20 anos da Ufrgs no seu tempo livre.

O sistema foi um sucesso, o que levou inclusive a problemas de serviço gerados pelo excesso de acessos. O projeto de Jurkovski, que não teve acesso ao banco de dados da EPTC, também não disponibilizava todas as rotas de ônibus da cidade.

No final de 2011, a EPTC lançou o PoaTransporte a sua versão do serviço, que, se tinha mais informações sobre linhas, perdia para o site criado por Jurkovski no quesito funcionalidade.

Na época, a gestão da empresa pública de transportes da capital gaúcha prometeu o Google Transit disponível para 2012.

Numa cidade em que a grande maioria das 5,6 mil paradas de ônibus usadas por 1,1 milhão de pessoas diariamente não conta com nenhuma informação sobre qual das mais de 400 linhas em operaçãopassam por ali, é uma boa notícia, ainda que tardia.