Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

Verduras frescas para quem mora em grandes cidades e não tem tempo, luz natural ou muito tempo para ficar regando plantinhas.

É a promessa da Yes We Grow, uma startup especializada em produtos para plantio caseiro. Ela lançou um tipo de horta inteligente que rega e ilumina plantas sozinha. O gadget pode custar até R$ 999.

A companhia possui dois principais produtos inteligentes, um deles é o vaso criado a partir de garrafas pet e permite a respiração da raiz da planta através da circulação de ar na base.

O outro são vasos autoirrigáveis que aparentam ser um vaso comum, mas contém um reservatório de água e, por meio de um pavio, rega a planta pelo processo de osmose. A planta “puxa” a água de acordo com sua necessidade. 

A versão mais sofisticada é uma junção dos dois anteriores. Com 19 cm de largura, o vaso possui espaço para seis mudas e permanece ligado na tomada e uma haste que simula a iluminação e temperatura do sol. 

Kit-Horta-principais-2

O produto permite o plantio mesmo numa área de serviço pequena, nas quais muitas vezes o espaço já está ocupado por um tanque e uma máquina de lavar 

A empresa vende sementes de todos os tipos, mas principalmente legumes e verduras. Os vasos inteligentes já são vendidos com as mudas e a companhia garante que é possível plantar qualquer espécie no vaso. 

A startup possui cerca de 50 produtos ligados ao plantio, entre eles adubos, sementes, kit de mudas, luminárias, pulverizadores, entre outros. Os preços variam entre R$ 19,00 na linha de nutrição a R$ 999.00 para os equipamentos em si.

Pode parecer caro, mas os produtos tem encontrado um público, principalmente em São Paulo, onde a Yes We Grow já tem 15 mil clientes (a companhia tem apenas 5 mil clientes fora de São Paulo).

A empresa já recebeu R$ 4,5 milhões de investidores, cujo nome não revela, e fechou o ano de 2021 com o faturamento perto de R$ 4 milhões, sendo 30% desse total de receitas recorrentes com a venda de produtos para assinantes.

“Nos últimos anos, percebemos um crescimento exponencial pela busca do cultivo, por isso, decidimos que era necessário oferecer um produto que possa trazer benefícios para toda a família e ainda ser simples e eficiente para quem vive na correria do dia a dia  e deseja ter uma vida mais saudável”, explica Rafael Pelosini, um dos três fundadores da Yes we Grow.

Pelosini é formado em marketing e começou a startup em um curso oferecido pelo MIT.  Anteriormente, foi sócio da Envisioning, companhia especializada em combinação de dados, também atuou durante oito anos na Young & Rubicam, uma multinacional da área de marketing.

André Morais, outro fundador, já constituiu outras seis empresas, entre elas o Núcleo Food, especializada em eventos gastronômicos. Seu último cargo foi como diretor de desenvolvimento de novos negócios na agência de marketing Hagens. 

Já João Levi tem passagem de três anos pela área comercial do SBT e é formado na ESPM em administração e negócios e também foi fundador de outras duas empresas, ambas especializadas em marketing.