Equipe da Virgin terá wearables. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Virgin Atlantic, companhia aérea britânica, em parceria com a desenvolvedora Sita, lançará em seus aviões um projeto usando o Google Glass para modernizar o atendimento aos seus clientes.

O projeto, já em funcionamento no aeroporto de Heathrow, em Londres, também usa smartwatches da Sony, e testará os benefícios do uso de wearables, usando aplicações desenvolvidas pela Sita.

A equipe de concierges, da companhia aérea, trabalha com a tecnologia wearable para agilizar e personalizar o processo de check-in, assim como para informar os passageiros de condições climáticas e dos vôos para entregar à indústria serviços de ponta e atendimento ainda mais personalizado.

Funcionários da companhia aérea estão equipados com o Google Glass ou um Sony SmartWatch 2, integrado tanto ao aplicativo de envio criado pela Sita e quanto ao sistema de serviço de passageiros da Virgin.

O aplicativo de despacho gerencia todas as tarefas de alocação e a disponibilidade do concierge. A solução envia a informação individual dos passageiros diretamente para óculos ou relógio inteligente do concierge, assim que eles chegam à Primeira Classe.

No futuro, a tecnologia também poderá informar à equipe Virgin Atlantic as preferências e dietas dos seus passageiros - qualquer informação que possa melhorar e personalizar os serviços prestados.

Durante o projeto piloto de seis semanas, os benefícios para os consumidores e os negócios serão avaliados antes de uma implantação mais ampla no futuro.

A Virgin Atlantic possui, atualmente, uma frota de 40 aeronaves, que inclui Boeing 747, Airbus A340-600s, A340-300 e A330-300. A companhia aérea aguarda a entrega de 16 Boeing 787 Dreamliner a partir de setembro 2014.