Nova diretoria da Acate para o biênio 2016-2018. Foto: Divulgação.

A nova diretoria da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) para o biênio 2016-2018 foi escolhida por unanimidade entre os representantes das empresas que integram a entidade.

O novo presidente da associação será Daniel Leipnitz (Callisto). A diretoria ainda conta com Iomani Engelmann (Pixeon), vice-presidente; Marcos Lichtblau (Automatisa), diretor financeiro; e Silvio Kotujansky (Complex), diretor de mercado. A posse está marcada para o dia 9 de junho. 

Para o novo presidente, o desafio da gestão será ampliar a atuação da entidade no interior do estado, integrando-a com todas as regiões catarinenses, além de seguir o investimento em governança corporativa. 

O vice-presidente Iomani Engelmann, que chegou à Associação como incubado, aos 22 anos, defendeu uma aproximação maior com as startups - já iniciado nesta gestão - e uma postura mais contundente junto ao poder público. 

As mudanças na gestão ocorrem no ano em que a ACATE completa três décadas de atuação. Fundada em 1986, a entidade hoje conta com 850 empresas associadas. Atualmente integram a área de TI catarinense 2,5 mil empresas, que faturam mais de R$ 4 bilhões e empregam 50 mil pessoas.