André Correa e Carlos Leão. Foto: Baguete

Dois novos nomes de peso acabam de se somar a HUB Competência, empresa nascida em março da união de forças entre Guilherme Lessa, ex-CIO do Matone, e Biagio Caetano, ex-Forjas Taurus.

Os novos integrantes do time são André Correa, que deixou no mês passado a TI da AGCO, onde ficou por 19 anos, e Carlos Leão, que até o fim de 2011 era CIO do SESC-RS, acumulando na bagagem também mais de 20 anos de experiência, com passagens por companhias como Brasfumo.

Corrêa traz para a equipe a experiência dos últimos dez anos em implantação de ERP e sistemas satélite em operações no Brasil, Argentina e Inglaterra, além de atuações indiretas em projetos em outros países da Europa e Austrália.

O setor bancário também está entre as competências do profissional.

Leão, que também é professor universitário na Cenecista de Gravataí, também vem com bagagem de implantações de ERP, muita vivência em automação industrial e comercial, além de experiência na área de previdência e seguros.

“Trata-se de uma mudança de modelo de vida. Não quero mais ser CIO, mas quero ajudar os profissionais desta área com a experiência somada ao longo dos anos”, destaca Correa. “Conhecemos todas as rotinas, sabemos onde dói. Podemos ajudar”, compelta Leão.

Na HUB, os nomes incrementam a oferta, que se caracteriza por um pool de especialistas para atuar como conselheiros em gestão e em TI junto a empresas de todos os setores.

Todos os setores mesmo: em cerca de três meses de mercado, a carteira de clientes já tem contratos no Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo, de áreas que vão da saúde à indústria.

Conforme Biagio Caetano, a meta da HUB é trabalhar junto aos times das companhias clientes, e não substituí-los, seguindo um modelo tipo “esquadrão especial”, que atua em linha com a gestão de TI e empresarial, na busca de resultados reais.

“Promovemos a convergência entre a expertise de profissionais com grande experiência e as necessidades das empresas”, completa Lessa.

O público alvo são médias e grandes empresas, em especial as da primeira faixa, com faturamento entre R$ 30 milhões e R$ 300 milhões anuais.

“Nossa meta é ser referência nacional no aconselhamento de TI até 2016”, ressalta Caetano.

Isso trabalhando em modelo associativo, que segundo os fundadores também garante a continuidade dos projetos, já que, na ausência de um dos especialistas da companhia, outro pode assumir.

Todos os associados seguirão o mesmo padrão: mais de 20 anos de experiência, ex-CIO e, principalmente desejo de cooperar com conhecimento, maturidade e agilidade.

“É importante ressaltar que não somos CIOs com CNPJ. Não vamos entrar para atuar como CIOs nas empresas”, esclarece Biagio. “Vamos prestar serviço para a gestão das empresas em parceira com a área de TI, ajudando a manter coesão e sucesso na busca pelos resultados após o término de nosso aconselhamento”, acrescenta.

Desta forma, um “portfólio” da HUB Competência poderia conter serviços como BPM para novos produtos ou serviços, avaliação e definição do status da TI, plano diretor de TI, apoio a Gestão de TI , SLA, planos de continuidade de negócios, estudo de aderência de sistemas e qualificação do PMO, entre diversos outros.

FUNDAÇÃO
Os fundadores da HUB também tem currículos incrementados.

Biagio Caetano é formado em Administração de Empresas, com especialização em Negócios pela Universidade da Califórnia e MBA em Gestão de TI pela FGV.

O executivo saiu em agosto de 2011 de seu útimo cargo de CIO, na Forjas Taurus, onde ficou por três anos.

Antes disso, já havia atuado como diretor na Auxiliadora Predial e CIO da Yara Fertilizantes (Adubos Trevo) e da Riocell.

Já Guilherme Lessa soma passagens por áreas de gestão empresarial e de TI em indústria, varejo, serviços e instituição financeira, essa última por 10 anos.

Antes, foi coordenador de TI do Zaffari, CIO do Sesc-RS, trabalhou na Procergs e no grupo Olvebra.

Mestre em Administração pela UFRGS com aperfeiçoamento na HEC-École des Hautes Études Commerciales em Paris, o executivo é graduado em Administração com ênfase em Análise de Sistemas pela PUC-RS e tem também MBA em Gestão Empresarial pela FGV-RS.

Atualmente, é bacharelando em Filosofia pela Faculdade IDC.