INFRAESTRUTURA

Cocred cria data center de R$ 2 milhões com LCS

13/07/2012 10:23

Tamanho da fonte: -A+A

A Sicoob Cocred - Cooperativa de Crédito dos Produtores Rurais e Empresários do Interior Paulista investiu cerca de R$ 2 milhões na renovação de sua infraestrutura tecnológica, com a criação de um data center próprio.

Antes do projeto, conduzido pela integradora LCS, a companhia compartilhava o data center com a Cooperativa de Produção, mas as demandas passaram a requerer mais autonomia e capacidade.

Para supri-las, o data center próprio conta com soluções IBM (Blade Center H, Tape Library TS3100, Storage IBM DS3524, TSM), Microsoft (Wsus, System Center, SQL Server, Sharepoint, Windows 7 Enterprise, Office 2010 Professional Plus, TMG, Forefront Endpoint Protection, Lync) e virtualização XenServer, da Citrix.

A Sicoob Cocred é uma instituição financeira e, devido a regras específicas de seu setor, passa por auditorias internas e externas baseadas em leis e regulamentos de órgãos do Sistema Cooperativo do Brasil e Banco Central, entre outros.

De acordo com Alex lima, gerente de TI da Sicoob Cocred, antes de adquirir o próprio data center, a instituição enfrentava problemas de escalabilidade, disponibilidade e continuidade das operações.

Com a implantação do projeto, a cooperativa já contabiliza resultados como a conquista da nota máxima de classificação de Rating Riskcoop.

“Somos A3, que é grau de segurança, considerando aspectos estruturais, de gestão, operacionais e de suporte”, afirma Lima. “Além disso, temos aplicações rodando mais rápido, menor índice de paralisação, alta disponibilidade e segurança no armazenamento das informações, dentre outros”, completa.

Para garantir a disponibilidade, a nova infraestrutura de TI foi replicada em dois sites.

O principal fica nas dependências da matriz da Sicoob Cocred e o de contingência, em uma sala alocada no prédio da Cooperativa de Produção.

Ambos são equipados com nobreaks, sistema de detecção e extinção de incêndio, controle de acesso biométrico, resfriamento com práticas de green IT e geradores de energia capazes de suprir a demanda elétrica total dos equipamentos em caso de pane na rede principal.

A LCS, integradora responsável pelo projeto, oferece soluções de cloud computing, virtualização e data center, contando com oito escritórios em São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Curitiba, Goiânia, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre e Fort Lauderdale, na Flórida.

A integradora tem parceria com Citrix, Microsoft, IBM, Symantec, Wyse Tecnology, Cisco, Flexera e AppSense.

Já a Cocred é uma cooperativa de
crédito e atende ao setor agropecuário, profissionais ligados à área de saúde, engenheiros agrônomos e agrícolas, veterinários e zootécnicos, além de micro e pequenas empresas.

O portfólio inclui abertura de contas corrente e poupanças, linhas de crédito, aplicações (investimentos), entre outras soluções.

Veja também

Cooperativas têm recorde de exportações

As cooperativas brasileiras tiveram o melhor desempenho para o mês de janeiro em 2012, registrado na série histórica, iniciada em 2006.

Foram US$ 352,9 milhões movimentados – 21% à frente do mesmo mês em 2011.

Os produtos do agronegócio foram os mais vendidos, com o café representando 20,3% do total (US$ 71,7 milhões) e o farelo de soja, 17% (US$ 60,1 milhões).

Cooperativas têm recorde de US$ 6,1 bi

As cooperativas alcançaram o recorde de US$ 6,1 bilhões em vendas no ano passado, 39,8% a mais que em 2010, quando chegaram a US$ 4,4 bilhões.

Segundo a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o saldo da balança das cooperativas ficou em US$ 5,8 bilhões, 40,4% a mais que no ano anterior, de US$ 4,1 bilhões.

Cooperforte renova parque de servidores

A Cooperforte, que se define como a maior cooperativa de crédito urbano do país, com mais de 100 mil associados, investiu cerca de R$ 1,5 milhão na renovação de seu parque de servidores.

O projeto, realizado pela equipe de TI da companhia, em parceria com a OS&T Informática, contou com parte de virtualização, baseada em tecnologia VMWare.

DAQUI PRA LÁ
LCS abre nos EUA

A integradora LCS, especializada em soluções para cloud computing, virtualização e data center, abriu uma filial em Fort Lauderdale, Flórida, para atender a empresas brasileiras que têm escritório nos EUA.

Com matriz em Ribeirão Preto e escritórios em São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Campinas, Goiânia, Belo Horizonte e Brasília, a LCS é parceira de nomes como Microsoft, IBM e Citrix.

CRESCIMENTO SUSTENTADO
Alog: US$ 1,2 milhões em data centers

Objetivo do projeto é contar com uma rede de comunicação capaz de suportar, a longo prazo, o crescimento de cerca de 40%.