Vera Guasso, durante discurso na Câmara de Vereadores.

Tamanho da fonte: -A+A

O PSTU, através da central sindical Conlutas, pode estar rumo a assumir o controle total do Sindppd-RS, sindicato dos trabalhadores de processamento de dados do Rio Grande do Sul.

Duas chapas estão inscritas para a disputa das eleições da gestão 2013/2016 do sindicato, que acontecem em  23 e 24 de outubro.

Uma, liderada pela atual diretora coordenadora, Vera Guasso, é ligada à Conlutas, e a outra, encabeçada por Deobrandino Ninrod Borges, atual coordenador adjunto da Coordenadoria de Divulgação e Imprensa, é ligada à CUT, central sindical alinhada ao PT.

Tanto Conlutas quando CUT dividem diretorias devido ao sistema participação proporcional definido nos estatutos do sindicato. Hoje, a CUT detém cerca de 30% das diretorias.

Na prática, porém, o controle é exercido pelo Conlutas, que pode assumir totalmente o sindicato caso a chapa da CUT não passe dos 20% de votação definidos na cláusula de barreira.

Segundo o Baguete apurou com fontes próximas, a possibilidade é real, uma vez que os sindicalistas ligados à CUT estão divididos e o campo ligado à Conlutas tem aumentado a participação desde que assumiu o controle do sindicato, no começo dos anos 2000.

Hoje, podem votar nas eleições do Sindppd-RS cerca de 1 mil profissionais associados, divididos basicamente entre funcionários da Procergs, Serpro e um terceiro grupo reunindo Procempa, Datamec e empresas privadas.

O número representa uma fração dos cerca de 4 mil associados de 1986, quando foi fundado o sindicato. A queda é maior tendo em conta que o volume bruto de profissionais de TI aumentou, sendo estimado hoje em 40 mil no estado pelo Ministério do Trabalho.

Esses profissionais formam a base da arrecadação do imposto sindical obrigatório que sustenta a operação do Sindppd-RS. [O direito de voto é assegurado por outra contribuição, opcional].

A partir do Sindppd-RS, Vera Guasso se consolidou como uma política de destaque no campo da esquerda mais radical do PSTU. Vera foi candidata a prefeita e senadora pelo partido.

Durante os protestos que sacudiram Porto Alegre em julho, a sede do Sindppd-RS recebeu uma reunião com militantes do PSOL, PSTU, PT, MST, Sindbancários, Sindicato dos Correios, DCE da PUC-RS, DCE da UFRGS, Movimento Pula Roleta, PoA Protesta e Movimento de Proteção Indígena visando discutir a estratégia do movimento.