Dell começou a vender ativos da EMC. Foto: divulgação.

A Dell vendeu a área de gerenciamento de conteúdo empresarial (ECM, na sigla em inglês) da EMC para a OpenText por US$ 1,61 bilhão.

O acordo abrange um portfólio de soluções que inclui o InfoArchive e famílias de produtos LEAP da EMC. 

A decisão acontece dias depois da Dell concluir a compra da EMC por US$ 60 bilhões, no maior negócio já feito no setor de tecnologia.

De acordo com os termos do acordo, software, serviços associados e os empregados do ECD serão integrados na OpenText. 

A transação é mais um movimento da Dell para se capitalizar e encarar parte da dívida de US$ 43 bilhões assumida para levar a EMC.

Em junho, a Dell fechou a venda da sua área de software, sob a qual estão Quest Software e SonicWALL, para fundos de investimentos em uma transação avaliada em mais de US$ 2 bilhões.

Um pouco antes, foi a vez da NTT Data fechar um acordo para adquirir a divisão de serviços da Dell por US$ 3 bilhões.

Agora é aguardar para ver a repercussão que a venda para a OpenText tem no mercado brasileiro de ECM, no qual a OpenText tem um presença discreta.

No começo de 2012, a empresa fechou um acordo com a multinacional espanhola de serviços de TI Everis para abrir um centro especializado em ECM em São Paulo.

Mais recentemente, a empresa tem feito algumas contratações importantes no país, como 

Marcos Chiavone, diretor de canais e vendas na América Latina, contratado em 2013 vindo da AlienVault.

Neste ano, foi contratado um diretor de vendas. Marcelo Cardoso veio do UOL Diveo e foi country manager da GXS, uma companhia de integração de serviços comprada pela Open Text em 2014.