Gestão de energia nas nuvens. Foto: flickr.com/photos/itakebetterphotos

A Schneider Electric, gigante do setor de energia com faturamento de 24 bilhões de euros em 2012, escolheu o Azure da Microsoft como seu provedor preferencial de computação em nuvem para seus aplicativos e soluções.

“Selecionamos o Windows Azure da Microsoft para acelerar o desenvolvimento de nossas soluções de software, reduzir custos e aumentar a confiabilidade e segurança de nossas ofertas globais," informou Pascal Brosset, CTO da Schneider Electric.

A plataforma está sendo implantada mundialmente para suportar as ofertas do software StruxureWare, baseadas em nuvem, da Schneider Electric. 

A Microsoft e a Schneider Electric também estão trabalhando juntas na iniciativa CityNext, focada na administração de cidades..

A  Schneider Electric tem 5 mil colaboradores no Brasil, 13 filiais comerciais e 10 unidades fabris: Guararema, Sumaré, Curitiba, Fortaleza, Blumenau, Porto Alegre, Manaus e três na cidade de São Paulo.