EDUCAÇÃO

Bzplan investe na startup Eadbox

13/12/2017 16:30

A startup paranaense receberá R$ 4 milhões.

A Eadbox é a nova empresa a receber um aporte da Bzplan. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Eadbox, desenvolvedora de software que permite a criação e distribuição de cursos online, é a nova empresa a receber um aporte da Bzplan. O investimento é o terceiro da gestora de fundos catarinense em 2017.

A startup paranaense receberá R$ 4 milhões. Essa é a primeira vez que a Bzplan investe em uma empresa de fora de Santa Catarina.

Os recursos tem o objetivo de aprimorar principalmente a área de Produto e Tecnologia.

Com 102 funcionários, a Eadbox cresceu 130% no último ano. Seu sistema possibilita que as pessoas transformem seu conhecimento em um curso online. Após a construção do material, o autor pode distribuí-lo para os alunos a partir da plataforma.

Nilson Filatieri, CEO da startup, também relata que algumas empresas também estão utilizando o software para treinar suas equipes.

“Queremos consolidar a Eadbox como a principal plataforma para compartilhamento de conteúdo profissional de alta qualidade, por isso o investimento expressivo em tecnologia e produto. Nossa intenção é sermos referência no segmento em países emergentes, onde enxergamos uma grande oportunidade de crescimento e o quanto a educação pode impactar a sociedade”, diz Filatieri.

Para Marcelo Wolowski, sócio-diretor da Bzplan, a startup está presente em um grande mercado e oferece uma solução flexível para pequenas empresas e corporações.

A Fomento Paraná tornou-se cotista do fundo da Bzplan como forma de atrair recursos para apoiar empresas inovadoras. De acordo com o diretor administrativo e financeiro da instituição, Claudio Massaru Shigueoka, isso é parte de um esforço para captar recursos e desenvolver novos mecanismos financeiros para apoiar os empreendedores paranaenses. 

“Agora estamos diante da primeira empresa do Paraná a receber um aporte de recursos do fundo. A Eadbox é um projeto de sucesso com alto potencial de crescimento e gerador de empregos de elevada qualificação. Esse investimento é um grande marco para o estado, que passou a contar com um sofisticado instrumento de fomento”, explica Shigueoka.

A Bzplan tem sede em Florianópolis e foi criada em 2002. No ano passado, teve como destaque a operação de saída de uma das empresas em que investiu: a Axado, startup líder nacional em gestão de fretes, foi vendida ao Mercado Livre por R$ 26 milhões, o que rendeu um retorno de 426% ao fundo.

Em 2017, a empresa realizou aportes de R$ 3 milhões na MobLee e de R$ 5 milhões na Cata Company.

Veja também

APORTE
MobLee recebe R$ 3 milhões da Bzplan

A plataforma da MobLee permite que organizadores criem apps para cada evento.

STARTUP
Cata Company recebe R$ 5 milhões

O aporte será utilizado para o lançamento de dois novos produtos ainda neste ano.

RIO GRANDE DO SUL
BZPlan busca startups com Wow

A BZPlan busca de startups no Sul do Brasil para investir um total de R$ 50 milhões.

FACEBOOK
Estação Hack: Lemann e Trajano no conselho

O centro de inovação do Facebook terá conselheiros de peso para seu programa de aceleração.

STARTUP
Deeper recebe aporte de R$ 300 mil

Com o investimento, a Mooveon adquiriu 15% da empresa. 

E-COMMERCE
VTEX compra Xtech Commerce

A aquisição foi fechada em R$ 14 milhões. 

APORTE
Movile recebe mais US$ 82 milhões

Grande parte do aporte será utilizada para aumentar a participação da Movile no iFood.