CONTABILIDADE

Contabilizei recebe aporte do SoftBank

14/01/2021 11:44

Kaszek, Point72, Quona e Banco Mundial (IFC) também participaram da rodada série C.

Vitor Torres, CEO e cofundador da Contabilizei. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Contabilizei, startup cutiribana de serviços de contabilidade on-line, recebeu um aporte de valor não revelado em rodada série C liderada pelo Latin America Fund do SoftBank.

Kaszek, Point72, Quona e Banco Mundial (IFC), que já haviam investido mais de R$ 100 milhões na empresa, também participaram da rodada. 

Fundada em 2013, a Contabilizei é liderada por Vitor Torres, CEO e cofundador da empresa, e oferece serviços de contabilidade e abertura de CNPJ para micro e pequenos empresários, com planos que começam em R$ 89 mensais — além de oferecer uma conta bancária PJ integrada e gratuita.

Com o modelo, a empresa já gerou mais de R$ 650 milhões em economia, prometendo um índice mensal de até 90% de redução de custos.

Em 2020, a empresa bateu a marca de 30 mil clientes, espalhados por 50 cidades no país, e aumentou a equipe em 50%. Hoje, o time conta com 500 colaboradores.

"Vemos na Contabilizei um serviço completo que ainda tem muito potencial para crescer e oferecer novas soluções. Há um grande número de autônomos e empreendedores brasileiros que, além de economizar migrando para este novo modelo, precisam de auxílio para se organizar e crescer”, ressalta Carlos Medeiros, partner do SoftBank. 

Segundo a Contabilizei, o novo aporte chega para acelerar o desenvolvimento do negócio e contribuir para a expansão da empresa, ampliando a sua oferta.

"Estamos muito felizes em ter o SoftBank, que é um dos maiores fundos de investimentos da América Latina, como parceiro da Contabilizei. O SoftBank Latin America Fund nos apoiará a crescer em um ritmo ainda mais acelerado, oferecendo mais praticidade e opções para que os nossos clientes obtenham ainda mais sucesso", afirma Torres. 

De acordo com o site NeoFeed, o plano da companhia agora é dar velocidade à estratégia de entrada no segmento financeiro, com um modelo de assessoria financeira que já vem sendo testado com um pequeno grupo de clientes. 

O formato envolve rotinas operacionais, como contas a pagar e a receber, transferências para contas pessoa física de sócios e gestão do fluxo de caixa. E passa também por questões como a educação financeira desses clientes, com uma equipe 100% dedicada à oferta.

“A ideia é que esse empresário deixe essas rotinas conosco, como se contratasse um departamento financeiro, e tenha mais tempo para dedicar aos seus clientes”, explicou Torres ao NeoFeed. 

Esse modelo será oferecido através de mensalidades, a princípio na faixa de R$ 349 a R$ 589, com níveis diferentes de prestação do serviço.

A ampliação do time em todas as áreas é outro destino do aporte. A empresa planeja fechar 2021 com um quadro de 700 profissionais e já está com 70 vagas abertas.

O Softbank é um gigante de telecomunicações e internet do Japão e anunciou seu Latin America Fund em março de 2019, com US$ 5 bilhões para investir na região ao longo de cinco anos.

Antes mesmo da abertura do fundo, já fez dois investimentos no Brasil: a 99, na qual fez um aporte de US$ 100 milhões em 2017, e a Loggi, onde liderou uma rodada de US$ 500 milhões em 2018.

No seu portfólio, ainda estão brasileiras como Gympass, Creditas, QuintoAndar, MadeiraMadeira, e Banco Inter.

Veja também

INOVAÇÃO
Sinqia vai investir R$ 50 milhões em startups

Programa de corporate venture capital contará com a Astella Investimentos e a Parallax Ventures.

PROCESSOS
Ceitec: liminar impede liquidação

Justiça manda governo esperar pelo posicionamento do Tribunal de Contas da União.

AQUISIÇÃO
Softplan compra Checklist Fácil

A companhia acaba de criar uma área de M&A com R$ 200 milhões para investir.

SAÚDE
BID Lab investe R$ 4,4 milhões no IdeiaGov

Aporte deve apoiar dez projetos para o InovaHC, núcleo de inovação do Hospital das Clínicas.

MÓVEIS
MadeiraMadeira é o novo unicórnio brasileiro

E-commerce curitibano foi avaliado em mais de US$ 1 bilhão em rodada série E antes do IPO.

CARGAS
Biometria facial pega “motorista dublê”

Tecnologia da CredDefense está sendo usada pelos clientes da seguradora NVZ.

CHUVA DE APORTES
Startups brasileiras captaram US$ 3,5 bilhões em 2020

De acordo com o estudo Inside Venture Capital Brasil, ano foi o melhor da história do setor.

APORTE
Knewin levanta R$ 40 milhões

Investimento foi realizado pela Oria Capital, que passa a fazer parte do conselho da PRTech.

ECONOMIA
O (ex) país do futuro consegue superar a "década perdida"?

PIB per capita do Brasil deve ter resultado ainda pior que o dos anos 1980.

ADEUS
Relembre 2020, se você é corajoso o bastante

A retrospectiva de um ano que não será esquecido: coronavírus, novo normal, ransomware, grandes negócios e mais.