Windows Phone é segundo no Brasil. Foto: divulgação.

No mercado brasileiro, a Microsoft conquistou uma vitória importante. O Windows Phone, sistema operacional da companhia, tomou o segundo lugar que era do iOS, da Apple.

Segundo dados divulgados pelo IDC, entre o 4º trimestre de 2012 e o mesmo período do ano passado, o sistema apresentou um crescimento de share de 1,22 ponto percentual, passando a contar com uma fatia de 6%.

Por outro lado, o iOS teve uma redução de 3,36 ponto percentual, fechando o ano com 4,7%. A liderança absoluta continua com o Android, que possui 88,73%, um crescimento expressivo sobre os 76,44% no quarto trimestre de 2012.

A maioria das vendas dos smartphones com Windows Phone é puxada pela Nokia, companhia parceira da Microsoft e que recentemente foi adquirida pela empresa de Redmond. Além da fabricante finlandesa, somente a Samsung produz aparelhos com Windows.

No entanto, a empresa coreana tem apenas um modelo no mercado brasileiro com este sistema operacional. A Nokia tem oito.

Segundo destaca Mariano de Beer, presidente da Microsoft no Brasil, o crescimento se deu tanto nas vendas para consumidor final quanto no segmento corporativo.

Para o executivo, o aumento no portfólio de produtos, com mais modelos e diferentes preços, e os investimentos em distribuição e a promoção do sistema, impulsionaram o crescimento.

O aumento na base de aplicativos, uma das grandes reclamações dos primeiros usuários do sistema operacional, também foi outro fator determinante, de acordo com de Beer.

Mundialmente, 2013 foi um ano de crescimento para o Windows Phone. Embora a briga com o Android e iOS ainda seja desigual em maiores mercado, a Microsoft passou a ocupar o terceiro lugar (3,2%) no market share global, desbancando a Blackberry, com um crescimento de 82,06%, conforme o IDC.