BEBIDAS

AB InBev: aplicativo B2B com CI&T

14/02/2022 14:24

A companhia desenvolveu o app Bees Grow, voltado a pequenos e médios varejistas.

Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A AB InBev, multinacional de bebidas formada pela fusão da belga Interbrew e da brasileira Ambev, contratou a CI&T, uma das grandes empresas brasileiras de desenvolvimento de software, para criar um aplicativo voltado a pequenos e médios varejistas.

A companhia já possuía a plataforma Bees, que tem recursos como a realização de pedidos regulares, programa de fidelidade e insights de venda baseados em dados — para ajudar na tomada de decisão dos estabelecimentos. 

Diante dos desafios impostos pela pandemia, observou a oportunidade de criar o app Bees Grow, que começou a funcionar como protótipo em setembro de 2020.

“A CI&T atuou de ponta a ponta na estratégia, design e engenharia do Bees Grow. A partir de sessões de design, implementação de designs sprints e cocriações, apoiamos o time do Bees na criação da solução”, conta Jefferson Almeida, senior engineering manager na CI&T.

Com a nova lógica implementada, os agentes de venda se deslocam de tomadores de pedidos para treinadores e consultores da plataforma.

Segundo a empresa, os benefícios do aplicativo incluem a comunicação certa no momento certo, além de notificações sobre o programa de recompensas, novos produtos, promoções e combos.

“O produto ajuda os envolvidos a se transformarem digitalmente à medida que cria caminhos para auxiliá-los a adquirirem a flexibilidade necessária para o momento atual, que é desafiador. Ele oferece autonomia aos usuários e maior visibilidade sobre como navegar no aplicativo e usufruir de suas facilidades”, afirma José Farinhaque, CX solutions director do Bees.

Hoje, o Bees Grow já está presente em sete países.

“Agora temos uma base de usuários mais engajados que conhecem o portfólio de produtos do aplicativo e têm acesso a pedidos, promoções, informações e agendamento de entregas conforme sua disponibilidade e gerenciamento de pedidos e faturas, tudo em um só lugar”, resume Sérgio Vezza, vice-presidente do Bees.

A Ambev nasceu em 1999, da união entre as centenárias Cervejaria Brahma e Companhia Antarctica. Em 2004, a empresa fez uma fusão com a belga Interbrew, formando a AB InBev e chegando a 18 países. Em 2020, a indústria de bebidas faturou R$ 58,3 bilhões, alta de 12,3%.

Somente no Brasil, são 32 cervejarias, duas maltarias, 100 centros de distribuição direta e seis de excelência, além de mais 32 mil colaboradores. 

Entre as mais de duzentas marcas de bebidas, estão Skol, Brahma, Antarctica, Corona, Bohemia, Budweiser, Stella Artois, Guaraná Antarctica e Fusion.

Fundada em 1995 em Campinas, a CI&T tem um faturamento da casa de R$ 1,6 bilhão, incluindo aí a concorrente Dextra, adquirida recentemente. Com a presença global de mais de 5,5 mil profissionais, 49% da sua receita vem dos Estados Unidos, 45%, do Brasil e o resto, da Europa.

Em novembro de 2021, a companhia captou US$ 167 milhões (cerca de R$ 1 bilhão) com sua abertura de capital na Bolsa de Nova York. Depois do IPO, 37% da empresa está nas mãos da Advent e outros 53%, de fundadores e executivos.

Veja também

APPS
Ubiz Car quer ser o Uber do interior

Aplicativo de transporte fundado no Piauí está de olho em cidades de até 200 mil habitantes.

MENSAGENS
Elopag: comunicação baseada em Pix

Startup cria canal de comunicação usando o serviço de transferências instantâneas.

VIDA
99Pay: dinheiro entra, mas nunca mais sai

Cliente enfrenta um labirinto de situações paradoxais com a carteira digital.

CONTRATAÇÃO
WhatsApp tem novo diretor no Brasil

Guilherme Horn foi diretor de estratégia e inovação do Banco BV.

PROCESSOS
EMS adota solução da ExpenseOn

Ferramenta ajudou a reduzir o tempo de reembolso da empresa.

IMÓVEIS
Grupo RV capta R$ 35 milhões

Rodada foi liderada pela Oria Capital com participação de G5 Investimentos, Domo Invest e Terracotta.