Somfy investe no Brasil. Foto: divulgação.

O grupo francês Somfy, multinacional do segmento de automação residencial e comercial, colocou o Brasil em sua rota de expansão mundial, com aquisições e um novo plano comercial para o país.

Com isso, o conglomerado anunciou a aquisição de três companhias brasileiras que atuam no setor e pretende instalar no país um de seus centros mundiais de desenvolvimento.

Em terras canarinhas, a companhia investiu R$ 150 milhões na compra da fabricante de motores elétricos Garen, de Garça (SP); na Neocontrol, de Belo Horizonte (MG), que oferece soluções de automação para segurança; e na Giga Security, de Santa Rita do Sapucaí (MG), que desenvolve dispositivos de automação residencial.

Segundo o CEO da Somfy, Jean-Philippe Demaël, a estratégia global do grupo prioriza três eixos: o segmento da automação residencial, ampliação da presença na área não-residencial e a proposta de fortalecimento em mercados emergentes.

Ao lado da China, o mercado brasileiro é considerado estratégico para a empresa, que faturou € 922,8 milhões (equivalente à US$ 1,3 bilhão), em 2013.

"Em termos culturais, é muito mais fácil e agradável trabalhar com o Brasil", destaca Demaël, que  já morou no país, em 2005, quando comandou a siderúrgica Acesita/ArcelorMittal, a partir de Belo Horizonte.

O executivo frisou que o interesse pelo Brasil é uma política de longo prazo, independentemente das eventuais oscilações da economia nacional. Nesse sentido, ele destaca a integração tecnológica com as empresas nacionais, que ampliam o leque de opções de automação da Somfy.

A Giga Security, por exemplo, mantém parceria como o Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), de Minas. Trata-se de um centro de excelência na área de engenharia que, na prática, atua como uma extensão das áreas de Pesquisa e Desenvolvimento das empresas, dentro de seu campus.

"Essa parceria é um modelo único no mundo. Os políticos franceses deveriam imitá-la", pontuou Demaël, ao destacar que o nível de competência técnica dos brasileiros irá ajudar o grupo a impulsionar seus negócios no mundo.