Instituto sobe de 500 m² para 1,5 mil m². Foto: divulgação.

O Instituto Eldorado expandiu em 2014 a sua operação no Tecnopuc, com um crescimento de três vezes em de área, assim como investimentos em aumento de de pessoal para a realização de seus projetos.

Embora o instituto não abra o valor investido nesta expansão, o crescimento foi substancial. Desde 2010, quando foi aberta na capital gaúcha, até fevereiro deste ano, a entidade ocupava metade do 11º andar no prédio do Tecnopuc.

Após as mudanças, o instituto agora ocupa todo o andar e também tem operações em uma parte de 13º andar. Em números, a área do Eldorado subiu de 500 para 1,5 mil metros quadrados.

Segundo destaca Jefferson Silva, gerente do instituto em Porto Alegre, desde setembro a empresa trouxe novos projetos, entre eles uma parceria com a PUC para o desenvolvimento de aplicações para iOS, o Brazil Education Program for iOS Development (Bepid).

O site do Eldorado em Porto Alegre é segundo do país a receber a capacitação em iOS - o primeiro foi em Campinas, onde a instituição tem parceria com a Unicamp.

A primeira turma no Sul é formada por 100 alunos de graduação das áreas de TI, não necessariamente da PUC, com acesso ao currículo e ferramentas necessárias para a criação de aplicativos para o ecossistema do iOS.

Além disso, a empresa tem projetos variados com a Dell e HP, na área de software, e com a Smart e a Elster, na área de hardware.

O crescimento nos projetos também se refletiu em um crescimento no quadro de colaboradores. Atualmente a empresa conta com 53 profissionais, com nove contratações realizadas nos últimos meses.

"A expansão física prevê a contratação de mais vinte ou trinta profissionais no futuro", completou Silva, sem dar maiores detalhes de quando isso deve acontecer.

Dentre os destaques de 2013, que continuarão em 2014, está a implantação do Programa Oficina do Futuro (PcD), realizado em parceria com a HP e que oferece capacitação gratuita para pessoas com deficiência

Além disso, o plano é trazer para Porto Alegre outros programas de capacitação da unidade de Campinas.

“Ainda pretendo introduzir na capital gaúcha diversos programas de capacitação e desenvolvimento que já vigoram em Campinas, como o Programa de Vitalização Técnica do Eldorado (Provita), o Programa Interação e as Oficinas Tecnológicas”, finaliza o gerente.

Com cerca de 600 colaboradores entre as suas três unidades, o Instituto Eldorado é uma referência nacional em soluções, serviços e consultoria em pesquisa e desenvolvimento, com unidades em Campinas, Brasília e Porto Alegre.