INOVAÇÃO

MIT premia jovens empreendedores do Brasil

14/05/2014 16:16

Vencedores do prêmio do MIT. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Pela primeira vez no Brasil, o prêmio MIT Technology Review - Inovadores com menos de 35 anos, com o apoio da BBVA e da FINEP, reconheceu os dez jovens inovadores do Brasil que, por meio de seus projetos tecnológicos, estão mudando o mundo. 

A cerimônia ocorreu na sede da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) na terça-feira, 13.

As soluções ganhadores vão de um software que aperfeiçoa o diagnóstico de doenças genéticas raras e uma prótese de baixo custo chamada Revo Foot, fabricada com materiais reciclados e plástico PET.

Outro exemplo é um programa de formação e ensino baseado em tecnologia móvel para melhorar o ensino empresarial e acadêmico dos jovens.

Os dez ganhadores apresentaram seus projetos na cerimônia de premiação frente a uma banca de juízes especialistas nos diferentes campos da tecnologia e inovação.

Dois dos ganhadores receberam uma distinção especial: Eduardo Bontempo foi nomeado Inovador do Ano do Brasil. 

Formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas, ele é o criador de uma plataforma de ensino adaptativo chamada Geekie Lab, que identifica as necessidades educacionais de cada aluno e cria um plano de estudos de acordo com seu ritmo natural de aprendizagem e seus pontos fortes e fracos em determinados assuntos. 

A plataforma Geekie Lab já foi utilizada por 2,4 milhões alunos de mais de 17 mil escolas no Brasil.

Guilherme Lichand, de 28 anos, foi reconhecido como Inovador Social pelo seu trabalho para melhorar a gestão de problemas sociais por meio do recolhimento de dados com telefones celulares de grande penetração. 

Lichand e seus sócios fundaram a MGov Brasil, em 2010. A consultoria fornece dados que foram coletados por meio de chamadas de voz e SMS sobre temas de interesse social para gestores públicos. 

Por meio de sua tecnologia massiva, Lichand está fornecendo respostas eficazes para os problemas reais do governo.

Os dez jovens foram selecionados entre mais de 240 candidaturas e avaliados por uma banca de juízes especialistas. Entre eles estavam Ariel Poler, investidor anjo e membro dos Conselhos Diretivos da Freedom Financial e da Strava; Constanza Nieto, fundadora e diretora executiva da Globaltech Bridge; e Leo Anthony Celi, fundador e diretor da plataforma Sana do MIT.

Veja também

AMÉRICA LATINA
Teltec recebe prêmio da Cisco

Além da empresa de SC, três brasileiras foram destaque: Comstor, a Promon e a Wittel.

DESTAQUES
Veja quem levou o Prêmio Sucesu-RS

Vencedores foram conhecidos em jantar de final de ano no Leopoldina Juvenil.

NOVA EMPRESA
Vencedora do Prêmio Finep está no Valetec

Chegada da companhia terá o objetivo de reforçar as pesquisas científicas e projetos de inovação.

HOMENAGEM
Diretor da i-Cherry recebe Prêmio Áster

A premiação tem como objetivo valorizar empresas e profissionais que se destacam no mercado local.