Marcos Cintra, presidente da Finep. Foto: Divulgação.

O Finep acaba de anunciar o Finep Conecta, novo programa que busca estimular o setor privado e a academia no desenvolvimento conjunto de inovação.

A nova linha de crédito da Finep, que está disponível para as empresas a partir desta segunda-feira, 14, prevê mecanismos como taxas de juros menores e prazos e carências mais longos. 

Dependendo do grau de inovação da proposta, a Finep vai financiar até 100% do projeto – que deve ter valor mínimo de R$ 5 milhões. No total, serão disponibilizados R$ 500 milhões para a iniciativa em 2017.

Para a financiadora, a falta de articulação entre empresas e instituições de pesquisa é um dos principais obstáculos à pesquisa tecnológica no país. 

“A cooperação fortalece e dinamiza o sistema nacional de inovação”, destaca Marcos Cintra, presidente da Finep.

De acordo com ele, os principais objetivos como o Finep Conecta são levar o conhecimento gerado nos ICTs e universidades para as empresas e ao mesmo tempo irrigar a pesquisa acadêmica com parte dos recursos usados para empréstimos. 

“Vamos aproximar o setor produtivo da comunidade científica e financiar parte da necessidade de custeio da academia”, afirma.