CONVERSAS

B3 quer comprar Neoway

14/10/2021 10:27

Bolsa de valores está negociando aquisição de empresa catarinense de big data.

B3 e Neoway estão em conversas. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A B3 está negociando a compra da Neoway, empresa catarinense que é um dos destaques no mercado de big data no país.

Fundada em 2002 pelo empreendedor Jaime de Paula, a Neoway oferece soluções baseadas em dados para cerca de 500 empresas de diversos setores, tendo recebido aporte de grandes fundos como Accel Partners, Monashees e Temasek, entre outros.

Na avaliação do Brazil Journal, que segue de perto a movimentação dos fundos, são justamente eles que podem pressionar por uma venda agora.

Isso porque a Neoway, antes uma clara candidata a fazer uma abertura de capital na Nasdaq, recuperando aí investimento dos fundos, entrou numa espécie de limbo desde 2019, quando vazaram as mensagens dos chats dos integrantes da Lava Jato.

A história é complicada, mas o resumo é que o lobista Jorge Luz, ligado ao MDB teria intermediado negócios para a Neoway na BR Distribuidora e o coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, fez uma palestra paga na empresa.

Como consequência das revelações, o fundador da Neoway, Jaime de Paula, foi afastado da presidência e a empresa contratou uma auditoria para fortalecer seus controles internos.

Segundo relata o Brazil Journal, a crise levou a empresa a parar de crescer, tornando a venda para um investidor estratégico “o melhor caminho para dar saída aos fundos”.

Confusões à parte, a verdade é que o negócio faz sentido para a B3, que está agregando tecnologia no seu portfólio. Produtos baseados em dados já são uma tendência comum entre bolsas do mundo todo.

Em julho, a B3 anunciou uma sociedade de R$ 600 milhões com a Totvs para criar a Dimensa, uma empresa que oferece soluções tecnológicas para o mercado financeiro.

Ano passado, a B3 concluiu a compra dos 25% que ainda não detinha na BLK Sistemas, uma empresa especializada no desenvolvimento de telas e algoritmos de negociação para corretoras e investidores institucionais.

A B3 também tem entrado em negócios como registros de recebíveis de cartão de crédito, energia, seguros, veículos, entre outros.

Veja também

DADOS
Neogrid compra Lett por R$ 38,5 milhões

Essa é a quarta aquisição da companhia após seu IPO, a segunda em menos de 15 dias.

BARBADA
Totvs pagou barato pela RD

É o que opina o BTG, que acha que a startup valia na verdade 55% mais.

ERPs
Empresas da B3 usam B1 da SAP

Okser entrega projetos na Portal de Documentos e BLK. Nave mãe já usa o ECC.

PLAYER
Totvs tem spin off financeiro com B3

Gigante de software uniu forças com Bolsa de Valores para criar nova empresa.

DADOS
Neoway conquista ISO 27001

Certificação chegou após um ano de adaptações, investimentos e treinamentos.

E-COMMERCE
Compasso compra Webjump

Empresa de tecnologia do UOL segue reforçando sua área de negócios Adobe.