VAREJO

Midway: open banking com Opus Software

14/10/2021 11:05

A fintech da Riachuelo está implementando a fase três do novo sistema bancário.

Alexandre Borges, head de tecnologia da Midway. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Midway, fintech do grupo Riachuelo, contratou a Opus Software, empresa paulistana especializada em desenvolvimento de software sob medida, para a implementação do sistema open banking.

A solução adotada foi o Opus Open Banking, uma ferramenta pronta que implementa um middleware no ambiente de instituições financeiras, de pagamento ou de demais participantes do sistema, permitindo que elas se integrem ao open banking Brasil.

Implementada numa arquitetura de microsserviços distribuídos, a plataforma conta com 100% das APIs definidas pelo Banco Central, além de trazer mecanismos de aceleração das integrações com sistemas legados das instituições. 

Entre as suas principais funcionalidades, estão a gestão do consentimento, estatísticas de performance e troca de informações em tempo real com os demais sistemas dos clientes.

Além disso, habilita as instituições a atuarem tanto como transmissoras quanto como receptoras de informações, bem como iniciadoras de pagamento.

Conforme a empresa, a solução está de acordo com todas as exigências do Banco Central e conforme a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), sendo aderente também a padrões como FAPI e CIBA.

Segundo Alexandre Borges, head de tecnologia da Midway, o fit tecnológico, a possibilidade de coparticipação no projeto e de aderir o código fonte da empresa foram fatores determinantes para que seguissem com a Opus.

Atualmente, a Midway está no processo de implementação da fase três do novo sistema bancário, que terá início em 29 de outubro.

Nesta etapa, surge a possibilidade de compartilhamento dos serviços de iniciação de transações de pagamento e de encaminhamento de proposta de operação de crédito. A primeira forma de pagamento será com Pix.

As demais, como TED, pagamento de boletos e pagamento com débito em conta devem ocorrer de forma gradual até setembro de 2022.

Após essa data, a fintech deve trabalhar em estratégias mais orientadas, com o intuito de captar mais clientes e oferecer produtos personalizados para as necessidades do seu público.

“O sistema permitirá que os participantes atendam às dinâmicas de mercado, podendo acessar informações dos clientes de forma ágil e segura, desenvolvendo novas soluções e gerando valor para o seu público”, explica Marcelo Feltrin, head de business development da Opus Software.

Antes dessa fase, a implantação do open banking já teve outras duas.

Em fevereiro deste ano, os bancos integraram seus dados e, em agosto, os clientes passaram a ter a possibilidade de compartilhar dados cadastrais, de informações sobre transações em suas contas, cartão de crédito e produtos de crédito contratados em instituições financeiras.

Após a terceira etapa, ainda haverá a fase quatro, com início previsto para 15 de dezembro. Ela prevê o compartilhamento de informações sobre produtos de investimentos, previdência, seguros, câmbio, entre outros, ofertados e distribuídos no mercado.

Há mais de 30 anos no mercado, a Opus Software tem escritórios em São Paulo e Toronto, atuando em projetos de transformação digital, inteligência artificial, big data, microsserviços, integrações e open banking.

A companhia já desenvolveu projetos para empresas como BRK, Pagbem, Pearson, Itaú Seguros, Indiana - Liberty, Bradescard, Carrefour Soluções Financeiras, Digio, Propay e Conductor.

Fundada em 2008, a Midway é a empresa financeira do Grupo Guararapes, que atua há mais de 70 anos e conta com 40 mil colaboradores. 

A fintech afirma ser a maior emissora de cartões private label do Brasil, estando também entre os 10 maiores emissores de cartões bandeirados, com mais de 31 milhões de clientes dos cartões Riachuelo.

O grupo possui mais de 300 lojas físicas da rede espalhadas por todo o território nacional, além de e-commerce, duas fábricas, três centros de distribuição, um contact center, a transportadora Casa Verde, o shopping Midway Mall, e dois teatros Riachuelo.

Veja também

SEGURANÇA
Nubank procura bugs com HackerOne

O banco digital vai recompensar pesquisadores que encontrarem vulnerabilidades em seu aplicativo.

LGPD
Banco RCI: Open Banking com PrivacyTools

Solução acelerou a entrega das fases do projeto de gestão de consentimento do Open Finance.

FINTECH
Nubank compra Spin Pay

A paulistana é especializada em Pix e Open Banking para o varejo on-line.

NEGÓCIOS
Conheça o APIX, o maior evento de APIs das Américas

Encontro promovido pela Sensedia acontece nos dias 1, 2 e 3 de setembro.

CONTAINERS
Original tem infra com Red Hat

OpenShift foi usado para processar o Pix e preparar a próxima fase do open banking.

COOPERATIVAS
Ailos investe R$ 370 milhões em tecnologia

Principais projetos são a troca do core bancário para o Topaz e a migração para a nuvem da AWS.