SANTA CATARINA

SocialBase acelera no Vale do Silício

14/12/2012 12:20

Startup catarinense participa do programa de aceleração da Plug and Play Tech Center, ficando três meses em aproximação com investidores do Vale do Silício.

Radamés Martini, diretor-executivo do SocialBase. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A startup catarinense SocialBase foi selecionada para participar do programa de aceleração da Plug and Play Tech Center, o que lhe renderá um perído de três meses de atuação no Vale do Silício.

O programa, que já investiu em negócios como Paypal, é voltado à aproximação das companhias com investidores e parceiros, e para tanto conta com a participaçãod e fundos como Accel Partners, Sequoia Capital e Menlo Ventures, participantes de empresas como Facebook, Groupon, Instagram e Skype.

A SocialBase desenvolve um produto de rede social corporativa que, segundo o gerente de Relações Internacionais da Plug and Play, Fernando Gouveia, tem bastante campo para crescer.

“Selecionamos a SocialBase por razões claras: eles contam com uma equipe forte, um produto que vem crescendo no número de clientes e que é bem adaptável às diferentes formas de interação e colaboração nas empresas”, explica Gouveia.

Já o diretor executivo da SocialBase, Radamés Martini, acredita que o network que será feito durante a aceleração irá abrir portas não só para a SocialBase, mas para Santa Catarina como um todo.

“A Plug and Play atua como investidora em diversas empresas. É uma oportunidade única”, comenta ele.

A oportunidade para participação no programa surgiu em setembro, quando a SocialBase venceu a etapa estadual da 7ª edição do Desafio Brasil, competição de startups de base tecnológica promovida pela FGV, Sebrae e MDIC.

Segundo o COO da GVcepe - FGV, Adalberto Brandão, é a primeira vez que o Desafio Brasil concede esta oportunidade como prêmio.

“Pretendemos expandir e internacionalizar a atuação, começando pela América Latina e seguindo para EUA e Europa”, afirma o diretor executivo da SocialBase.

Segundo ele, a rede social corporativa desenvolvida pela organização já está consolidada e em uso por mais de 1,4 mil empresas.

Durante a primeira semana do programa, a SocialBase irá participar de um workshop com duração de três dias para introduzir os empreendedores no ambiente de negócios do Vale do Silício.

A atividade abordará temas como processo de investimento, estudo de casos de startups e implicações legais e contábeis, entre outros.

“Também teremos a oportunidade de criar uma rede de contatos com empresários da comunidade do Vale do Silício, que tiveram sucesso em outros negóciosde base tecnológica”, afirma Martini. “As startups também terão acesso a recursos estratégicos da Plug and Play, inclusive oportunidade para levantamento de investimento externo”, completa.

Veja também

STARTUPS
SocialBase vence final SC do Desafio Brasil

Empresa de Florianópolis venceu por criar rede social corporativa e irá representar o estado na semifinal brasileira, em 04 de outubro.

TNW STARTUP AWARDS
Prêmio elege melhor startup brasileira

Público escolhe até domingo, 15, melhores startups, empreendedores mais talentosos e investidores que mais se destacaram durante o ano.