A Prodesp, companhia estadual de processamento de dados de São Paulo, tem nova liderança. Foto: Divulgação.

Carlos André de Maria de Arruda é o novo presidente da Prodesp, companhia estadual de processamento de dados de São Paulo.

De acordo com o Tele.Síntese, Aruba trabalhava na Oracle desde 2013, onde ocupou os cargos de gerente e diretor de aplicativos para o setor público. O executivo ainda passou pelas empresas Politec, Fujitsu e CTIS.

Ele assume a Prodesp no lugar de Célio Bozola, que liderou a estatal por oito anos.

Durante sua gestão, de 2011 a 2018, a Prodesp duplicou seu faturamento, passando de cerca de R$ 530 milhões em 2010 para pouco mais de R$ 1 bilhão em 2018. 

A produtividade média por empregado saltou de pouco mais de R$ 255 mil em 2010 para R$ 460 mil em 2017.

“A performance financeira da Prodesp também permitiu que ela própria custeasse o desenvolvimento de vários projetos, como a modernização da folha de pagamento do Estado, o Poupatempo 2ª Geração, o sistema de gestão hospitalar S4SP e o novo Sistema Integrado de Multas (SIM)”, detalha Bozola.