GOLS E GOLES

Luxa investe em e-commerce de vinho

15/03/2013 10:56

Luxemburgo apresenta seu novo negócio: vinhos online. Foto: Flickr.com/clubeatleticomineiro

Tamanho da fonte: -A+A

Vanderlei Luxemburgo decidiu fazer uma jogada fora dos campos de futebol: o treinador do Grêmio acaba de fazer um investimento no site bento-gonçalvense Compre Vinhos, do empresário gaúcho e representantes das oito maiores importadoras de vinho brasileiras, Rafael Zardo.

De acordo com o empresário da Serra Gaúcha, a parceria vai permitir expandir ao portal não só expandir a distribuição para toda a América Latina, mas também abrir lojas físicas em Porto Alegre e São Paulo.

O site negocia diretamente com as importadoras e vinícolas, o que permite baixar o preço, que, segundo garante o fundador, pode ficar até mais barato do que em cidades da fronteira com o Uruguai, como Jaguarão e Santana do Livramento, onde muitos gaúchos costumam fazer compras por contarem com preços menores do que no estado.

Em geral, Zardo afirma que os valores praticados no site são até 85% mais baixos do que em outros portais ou lojas físicas.

O site conta com mais de dois mil rótulos, que vão de R$ 8 a R$ 150 mil, trazidos pelas importadoras Vinho Sul, Franco Suissa, Ravin, Berenguer, Hannover, da Confraria, De Vinum e Del Maipo, e isentos de impostos.

Um evento de lançamento da parceria Luxemburgo – Zardo para o site será realizado na segunda-feira, 18, às 20h, na casa de eventos NTX, em Porto Alegre.

BEM, AMIGOS DA SERRA GAÚCHA

Outro que recentemente investiu no negócio de vinhos em parceria com uma empresa da Serra foi Galvão Bueno.

O narrador da esportivo tornou-se sócio do Miolo Wine Group, segundo anunciou a vinícola de Bento Gonçalves em janeiro deste ano.

A empresa gaúcha não divulgou o valor do investimento do locutor ou a porcentagem que ele adquiriu, mas afirmou a participação da consultoria PwC, que conduziu a transação.

Segundo destaca a vinícola, o ingresso de Galvão no grupo contribuirá para a expansão dos negócios, que tem meta de subir dos atuais R$ 130 milhões para R$ 500 milhões em faturamento anual até 2020.

Veja também

Aevo lança app para o mercado de vinhos

A EA Aevo Studio lançará, durante a Equipotel 2011 – de 12 a 15 de setembro em São Paulo – o Winepad, um aplicativo no qual a empresa investiu R$ 200 mil.

“É um aplicativo customizado para iPads desenvolvido para atender a demanda por inovações no mercado de vinhos”, explica Roberto Maia, sócio da empresa.

O “sommelier digital” traz informações sobre vinhos e novidades do mercado.

Evento em Bento aborda Internet e vinho

O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), patrocinado pelo Sebrae, promove um evento sobre mídias digitais para vinícolas da Serra Gaúcha nesta sexta-feira, 03.

O workshop sobre o impacto da comunicação digital no mercado da uva e do vinho acontece das 8h às 19h, no Farina Park Hotel, em Bento Gonçalves.

Wine vende vinhos no Facebook

A webstore especializada no comércio de vinhos pela internet Wine inaugura esta semana uma loja de vinhos online do Facebook – segundo a empresa, a primeira especializada na rede social.

Com a iniciativa, a empresa pretende elevar as vendas entre o público que frequenta a rede social, se valendo das facilidades de indicação de produtos entre amigos, possibilitando todas as operações de visita e compra na mesma plataforma.

Miolo e Wine: vinho gaúcho na web

A Wine, maior e-commerce de vinhos da América Latina, segundo o E-Bit, firmou um acordo comercial com a Miolo Wine Group, produtora de vinhos finos com sede em Bento Gonçalves e 40% de market share no país em seu setor.

Pela parceria, os vinhos da Miolo serão os primeiros rótulos brasileiros a serem comercializados na webstore, que atende a mais de 25 mil clientes em mais de 600 cidades brasileiras.

Unimed VTRP: TI da água pro vinho

A Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP) mudou radicalmente a área de TI.

Com investimento de R$ 200 mil em soluções e consultoria, a cooperativa com sede em Lajeado – a 112 quilômetros de Porto Alegre – inaugurou sua Central de Atendimentos de TI (caTI ) na primeira semana de janeiro.

“Nós partimos do zero. O que antes estava sem organização, hoje é um processo pronto e ágil”, explica  Daniel Hallmann, supervisor de TI da cooperativa.

Isbiz e Ebis: vinho faz crescer

A curitibana Isbiz Consulting e a Ebis, de Caxias do Sul, firmaram uma parceria com foco no setor vitivinicultor gaúcho.

No acordo, a empresa serrana entra com expertise em projetos web e o conhecimento de um mercado onde já atende a oito clientes do porte das vinícolas Salton, Cordelier e Jolimont, enquanto os paranaenses apostam no CRM, ERP e BI para conquistar pelo menos seis contratos ainda este ano.

HAVE A NICE BEER
Clube de cervejas mira R$ 3 milhões

Com início oficial em junho de 2011, a empresa teve um faturamento de R$ 280 mil no ano passado. Nos seis primeiros meses de 2012, o clube já superou mais de três vezes os números de 2011. Neste ano, até junho, a empresa faturou R$ 910 mil.

Tweet-A-Beer: app paga cerveja com tweet

As agências de comunicação americanas Waggener Edstrom Worldwide e Tenfour desenvolveram o aplicativo Tweet-A-Beer, que permite comprar cerveja e pagar via Twitter.
 
De acordo com o blog Mashable, a ferramenta integra a conta do Twitter com a do PayPal, serviço de pagamentos online, na plataforma Chirpify, que permite ao usuário fazer compras, vender e doar dinheiro via web.
 
O procedimento de uso do recurso é simples.

Schin está na mira de cervejarias estrangeiras

O controle da cervejaria Schincariol pode mudar de mãos.

Matéria publicada no jornal Valor Econômico dessa segunda-feira, 04, indica que alguns dos maiores grupos cervejeiros do mundo estão de olho na empresa com sede em Itu (São Paulo).