RUMO AOS R$ 65 MILHÕES

NDDigital fatura R$ 40 mi e foca transporte

15/04/2013 12:16

Catarinense cresceu 38% e faturou R$ 40 milhões em 2012.

Anderson Locatelli. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A NDDigital, catarinense que tem sede em Lages e unidades e atuação em Portugal e Espanha, cresceu 38% em 2012, em relação a 2011, e faturou R$ 40 milhões.

Do faturamento, 15% vieram do setor de transportes, que é um dos alicerces da companhia para impulsionar os ganhos em 2013, chegando a uma receita de R$ 60 a R$ 65 milhões.

O fortalecimento na área de transportes vem do lançamento, em 2011, do NddCargo, solução de pagamento eletrônico de frete.

“Isso compôs uma oferta completa aos transportadoras, somando-se às soluções de Documentos Eletrônicos em especial a de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)”, explica Anderson Locatelli, diretor de mercado da empresa.

Segundo ele, o sistema já conta com mais de 350 empresas clientes, com expectativa de chegar ao fim de 2013 com volume de transações mensais superior a R$ 500 milhões mensais em pagamento de frete.

A empresa, que atualmente conta com mais de 300 colaboradores e tem meta de ampliar para 400 profissionais até maio, atua também em outras frentes.

O portfólio traz soluções de inteligência de negócios, englobando documentos fiscais eletrônicos, supply chain e pagamento eletrônico de frete; e inteligência em impressão, com outsourcing e gestão para impressão corporativa.

Há, ainda, a área de Hant, com foco em eficiência em grandes projetos e engenharia.

Veja também

DE LAGES PARA O MUNDO
NDDigital mira expansão externa

A NDDigital, empresa de Lages, na Serra Catarinense, quer elevar dos atuais 5% para em torno de 8% a 10% a participação das vendas exteriores em seu faturamento, que em 2012 fechou em R$ 40 milhões, alta de 38% sobre o ano anterior, e este ano tem projeção de ficar entre R$ 52 e R$ 57 milhões.

OKI e NDDigital integram soluções de impressão

A OKI, fabricante de soluções de impressão, e a catarinense NDDigital, focada em outsourcing de impressão e transações eletrônicas, lançam a solução n-MF OKI Versão 4.1.

A ferramenta é um módulo do n-Billing, software de gestão de impressão da NDDigital, e permite a contabilização física, na própria impressora, de páginas impressas.

IT2B quer 30% mais negócios com NDDigital

A integradora IT2B acaba de incrementar seu portfólio na área de impressão com a catarinense NDDigital.

Desde 2009 os clientes da integradora já contavam com os produtos n-Billing da NDD.

Agora, a IT2B adotou também o Global Partner, para gestão de outsourcing de impressão, e o n-Releaser, que possibilita ao usuário solicitar impressões sem definir previamente a impressora ou multifuncional a usar: a escolha acontece somente em frente ao equipamento.

Store e a NDDigital: solução integrada para Sped

A NDDigital, empresa de Lages-SC, desenvolvedora de softwares voltados para negócios de gestão de impressão e documentos eletrônicos, e a Store Automação, fornecedora de TI para o segmento logístico, integraram soluções para atender à demanda do Sped Fiscal.

A nova demanda do Sped entrou em vigor em dezembro de 2010 e obriga as companhias do setor de Armazéns Gerais a emitirem notas ficais eletrônicas.

FG: 95 mil NF-es/mês com NDDigital

A Ferramentas Gerais, distribuidora gaúcha de soluções para manutenção, reparo e operação dos segmentos industriais e de serviços, adotou a solução da catarinense NDDigital para NF-e.

A ferramenta foi implementada nas 50 unidades da empresa, situadas no Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Alagoas e Pernambuco.

App mapeia rotas de transportes no BR

Rafael Specht, um especialista em sistemas de telecomunicações de Pelotas, desenvolveu o aplicativo Bus1.me, que consiste em uma ferramenta colaborativa com a proposta de mapear o transporte público brasileiro em tempo real.

Com transportes, Mega vai que vai no Sul

Em sete meses de operação, a Mega Sul – subsidiária da paulista Mega Sistemas – já atende a mais de 30 clientes e representa 8% do faturamento da empresa, número que deve subir para 15% ainda este ano.

A unidade, inaugurada em julho de 2010, é uma das apostas da empresa para expandir sua participação de mercado também em 15% este ano, ampliando a carteira geral de clientes dos atuais 2 mil contratos ativos para 2,3 mil.

McAfee: transportes e energia em perigo
Um estudo da McAfee aponta que 40% das empresas de infraestrutura crítica, o que engloba setores como energia elétrica, transporte público e telecom, são susceptíveis a sofrerem ataques cibernéticos.

O relatório, que mostra que 54% destas companhias em todo o mundo já foram vitimadas por este tipo de ataque, revela que o custo médio por incidente de grandes proporções não baixa de US$ 6,3 milhões/dia.