Fundada em 1973, a Panvel tem presença no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Foto: divulgação.

A Panvel, rede de farmácias focada na Região Sul do país, adotou a solução da VTEX, plataforma brasileira de e-commerce, para desenvolver seu marketplace com lançamento previsto para o quarto trimestre de 2021.

No momento, a plataforma já está estruturada e o projeto se encontra na fase de captação de sellers e integração com hub da Panvel. Os primeiros vendedores estão selecionados e a integração com eles deve começar a partir de junho.

Segundo a companhia, a ideia é reunir produtos e serviços de saúde, incluindo itens de alimentação saudável, veganos, higiene, infantis, perfumaria, ortopédicos, wearables, gadgets, além de produtos voltados para fisioterapia e yoga, por exemplo.

“O marketplace nos permitirá evoluir no nosso propósito de contribuir de uma forma mais abrangente com pessoas que desejam manter uma rotina de vida saudável. A iniciativa é uma evolução da nossa presença digital”, afirma Julio Mottin Neto, diretor presidente do Grupo Dimed, dono da Panvel.

Os canais digitais já representam cerca de 17,6% da receita da empresa. No terceiro trimestre de 2020, o crescimento deles foi de 74,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo Tiago Souto, gerente executivo de e-commerce e digital da Panvel, a escolha da VTEX para esse novo passo foi pela tecnologia de ponta, que deve garantir uma boa conexão com os sellers.

No projeto, uma squad com 20 profissionais da rede de farmácias fará toda a integração do módulo de marketplace junto aos vendedores, catalogando-os e conectando-os à plataforma.

O marketplace também estará integrado ao sistema de gestão da companhia, de desenvolvimento proprietário, que fará todo o monitoramento de pedidos.

Com abrangência nacional, o marketplace deve seguir a política de fretes de cada vendedor, considerando boas práticas de mercado e o período de entrega. “Vamos cuidar para que o consumidor tenha um custo atrativo”, afirma Souto.

A distribuição será feita tanto pelo próprio vendedor quanto pelos centros de distribuição (CDs) da Panvel.

Em março deste ano, a companhia inaugurou um novo CD em São José dos Pinhais, no Paraná, com um investimento de R$ 25 milhões. O local deve abastecer as lojas de São Paulo, Paraná e Santa Catarina, além das vendas on-line. 

“O CD de São José dos Pinhais também foi planejado para dar suporte às entregas do marketplace. Toda a nossa malha logística de lojas e dark store fazem parte dessa estrutura para dar apoio aos sellers e mais agilidade nas entregas”, afirma o gerente.

Fundada em 1973, a Panvel tem mais de 470 lojas, 6 mil colaboradores e 15 mil itens à venda, entre medicamentos e produtos de higiene e beleza, além de mais de 860 produtos de marca própria, incluindo maquiagem, proteção solar, ortopédicos, infantis e cuidados masculinos.

Com presença no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo, a empresa faz parte do Grupo Dimed, que também detém a distribuidora Dimed e o Laboratório Lifar.