NOTEBOOKS

Positivo agora representa a Compaq no Brasil

15/04/2021 14:29

A companhia brasileira vai fabricar e comercializar computadores da marca global a partir deste mês.

A Compaq continua fazendo parte da HP Inc. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Positivo Tecnologia, fabricante paranaense de equipamentos como PCs e smartphones, anunciou que vai licenciar a marca Compaq e fabricar, comercializar e prestar assistência técnica em modelos de notebooks, desktops e all-in-one da companhia no Brasil a partir deste mês. 

Com sede em Palo Alto, Estados Unidos, a histórica Compaq Computer Corporation (CPQ) foi fundada em 1982, quando lançou seu primeiro produto, um computador portátil compatível com a plataforma da IBM.

Como quase todas as partes do microcomputador podiam ser compradas em qualquer loja especializada, o principal desafio foi copiar o chip da BIOS do IBM-PC sem violar a lei de patentes. 

A empresa usou, então, uma técnica conhecida como engenharia reversa e, com isso, contribui para criação de um mercado de PCs Clones e ajudou no crescimento da Intel e da Microsoft — que eram os fornecedores do processador e do sistema operacional.

Em 1997, a Compaq adquiriu a Tandem e, no ano seguinte, comprou a Digital Equipment Corporation (DEC). Em 2002, a companhia fez uma fusão com a Hewlett-Packard (HWP), formando a HPQ. 

Atualmente, o portfólio da marca contempla seis modelos de notebooks, além de dois modelos de desktops e um all-in-one.

Com o licenciamento para a Positivo, a Compaq continua fazendo parte da HP Inc e segue sendo liderada no Brasil por Camilo Stefanelli, CEO da marca no país há sete anos.

“Enquanto concorrente, sempre admirei o trabalho e a competência da Positivo Tecnologia. É uma empresa brasileira que consegue competir, de igual para igual, com grandes marcas globais. É uma honra fazer parte desse time. Tenho certeza que juntos conseguiremos potencializar o crescimento da marca no país”, afirma Stefanelli.

Na companhia brasileira, a americana será uma unidade de negócios independente e estruturada dentro da vice-presidência de negócios de consumo da Positivo Tecnologia. 

“A operação Compaq complementa a oferta de produtos, além de trazer um time experiente e focado para o sucesso da operação”, afirma Norberto Maraschin Filho, vice-presidente de negócios de consumo da empresa brasileira.

Com a chegada dos novos produtos, a Positivo Tecnologia compõe o portfólio com oito marcas, entre próprias e de terceiros. As outras sete são Positivo, Vaio (licenciada desde 2015), 2 A.M., Quantum, Anker, Positivo Casa Inteligente e Positivo Servers & Solutions. 

Segundo a empresa, Positivo, Vaio e Compaq têm categorias de notebooks e alcançam todos os segmentos desse mercado no país.

O movimento se consolida em meio ao cenário de maior demanda pelo tipo de computador, tanto no Brasil quanto no mundo, em decorrência dos efeitos gerados a partir da pandemia — como home office e aulas a distância.

“Encontramos na Positivo Tecnologia a parceria perfeita e o ambiente adequado com as melhores práticas, que não deixa a desejar a nenhuma outra fabricante de computadores no mundo”, ressalta o CEO da Compaq no Brasil.

Fundada em 1989, a Positivo Tecnologia possui sede administrativa em Curitiba e quatro fábricas no Brasil, além de presença na Argentina, Quênia, Ruanda, China e Taiwan.

Com receita de R$ 1,35 bilhão e 2 mil colaboradores, a empresa desenvolve, fabrica e comercializa computadores, celulares, acessórios, soluções de tecnologia educacional, servidores, além de dispositivos para casas e escritórios inteligentes. 

Veja também

CARAS
Itaú tem biometria no app

Deve ser um dos maiores contratos do ano. Infelizmente, o Itaú não fala quem levou.

SEGURANÇA
Já tem hacker burlando o OTP

A autenticação de dois fatores começa a demonstrar suas vulnerabilidades.

EDUCAÇÃO
FIA utiliza Alexa na pós-graduação e MBA on-line

Até o final de abril, a Uol EdTech está oferecendo o dispositivo Amazon Echo Dot a novos estudantes.

COMUNICAÇÃO
GOL: novos recursos para assistente virtual com Inbenta

Agora é possível realizar processos como check-in e gestão de reservas pelo WhatsApp.

SEGURANÇA
Vazamento no LinkedIn expõe dados de 500 milhões

Hacker estaria vendendo informações como nomes, endereços de e-mail e números de telefone.

AMBIENTE
Como prevenir o assédio no trabalho?

Não basta só ter um programa formal. É preciso criar uma cultura de prevenção.

PRESENÇA
Últimos suspiros dos sites institucionais

Qual é o papel destas ferramentas em um mundo que não tem mais espaço para monólogos?

 
COVID-19
Catuaí Shopping controla acesso com Intelbras

Proposta é evitar aglomerações ao agilizar a entrada dos clientes no empreendimento.

AGRICULTURA 4.0
Adecoagro: 4G no campo com TIM

Cobertura inclui 180 mil hectares de canaviais e 11 cidades do Mato Grosso do Sul.