A Oracle anuncia sua nova linha de servidores Sun x86, equipados com processadores Intel Xeon E5 e que, conforme a fabricante, estabeleceram quatro novos recordes mundiais em processamento de aplicações SAP.

Por exemplo, o Sun Fire X4270 M3, com Oracle Solaris, obteve, em testes, o mais alto resultado no benchmark de aplicativos padrão de vendas e distribuição da SAP entre todos os sistemas baseados nos processadores Intel Xeon E5, segundo Ali Alasti, VP de Engenharia de Hardware da Oracle.

Já o modelo compacto Sun Fire X4170 M3 1U (uma unidade de espaço em um rack), executando o Oracle WebLogic Server com o Oracle Linux, apresentou mais que o dobro do desempenho dos sistemas de dois soquetes da IBM, baseados em arquiteturas x86 ou Power.

“É um recorde mundial para as duas máquinas de processamentos que participaram da comparação. Os sistemas x86 da Oracle já detêm um recorde mundial na plataforma x86 e o melhor resultado na categoria de um nó neste benchmark de aplicativos Java”, afirma comunicado da Oracle.

Já o servidor Sun Fire X4270 M3 obteve, segundo a fabricante, os resultados mais rápidos na categoria de componentes em lote Payroll (folha de pagamentos) no benchmark Oracle E-Business Suite R12 X-large, concluindo a carga de trabalho em menos de 20 minutos.

O resultado, segundo Alasti, demonstra que os servidores x86 com Linux são adequados para os clientes que rodam aplicativos em lote em conjunto com o Oracle Database 11g R2.

As novas máquinas também conta com recursos de virtualização, provisionamento de infraestrutura e gestão de sistemas sem custo adicional quando combinadas aos serviços do Oracle Premier Support.

Em relação à geração anterior, os novos servidores Sun x86 oferecem desempenho 87% superior em função do aumento da memória e da largura de banda de rede, conforme o executivo.

Além disso, os novos servidores que executam o Oracle Linux e o Oracle Solaris com o Oracle VM podem oferecer uma redução de 50% no custo total de aquisição, suporte e despesas operacionais em relação aos sistemas HP com VMware e Windows.

“Isso além de propiciar até 139% de retorno sobre o investimento”, informa Alasti.