TIM investe em 31 novas lojas no país. Foto: divulgação

A TIM anunciou um pacote de investimentos de cerca de R$ 55 milhões para ampliar a sua rede de lojas próprias no país.

Com este aporte, a operadora espera criar 31 novas lojas até o final do ano. O plano é encerrar 2013 com 165 estabelecimentos da marca.

De acordo com a operadora, serão priorizadas as regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

Segundo dados do Teleco, atualmente a TIM conta com a segunda posição no market share das operadoras móveis, com 26,98% do market share, atrás da Vivo, que tem 28,78%

Para a  empresa, o investimento é considerado essencial na estratégia de maior proximidade com os clientes.

Alvo de críticas e sanções da Anatel no ano passado, devido à denúncia de irregularidades em seus serviços, como a derrubada de ligações na modalidade Infinity Pré, a TIM já anunciou diversos investimentos em 2013.

Em abril, a operadora destinou R$ 345 milhões para a infraestrutura de telefonia móvel no Rio de Janeiro em 2013.

Conforme divulgado pela operadora, a meta é instalar cerca de 130 antenas 2G e 180 sites 3G até o final do ano, a maior parte na Capital, em bairros da Zona Norte e Baixada Fluminense, mas também em outros locais do estado, ainda não detalhados.

Em Porto Alegre, a TIM inaugurou uma das sete unidades de seu projeto Loja Escola, um centro de treinamento que simula lojas da operadora.

O estabelecimento, que fica no escritório da empresa no bairro Passo D'Areia. é uma réplica da loja própria e servirá para treinamentos, apresentação de aparelhos e demais noções de venda para novos vendedores de lojas próprias ou revendas da TIM.