Em um ano, o lucro da Randon passou de R$ 62,2 milhões para R$ 557 mil.

O lucro líquido da Randon atingiu uma queda de 99,1% no primeiro trimestre de 2015, passando de R$ 62,2 milhões no ano passado para R$ 557 mil.

A empresa também registrou queda de 27,9% na receita líquida no primeiro trimestre em relação ao mesmo período de 2014. De janeiro a março deste ano, a empresa somou R$ 696,8 milhões em receita.

O plano da diretoria é ter uma recuperação ao longo do ano, mas nada que permita à companhia alcançar os valores anuais registrados em 2014, que já foram 18% menores em relação a 2013. 

A estimativa de receita bruta total para 2015 é de R$ 4,4 bilhões e líquida de R$ 3,2 bilhões, com recuos de 19% e 15%, respectivamente, na comparação com os resultados do ano passado. 

As receitas externas devem somar US$ 300 milhões, crescimento de 56% sobre o valor do ano passado, de US$ 192 milhões.

O grupo gaúcho Randon controla oito negócios nos segmentos de implementos rodoviários, ferroviários, veículos especiais, autopeças, sistemas automotivos e serviços.