STREAMING

Alibaba vai lançar o Neflix da China

15/06/2015 13:14

O serviço será chamado de TBO e oferecerá conteúdo da China e de outros países.

O serviço de streaming do Alibaba será chamado de TBO. Foto: 360b/Shutterstock.

Tamanho da fonte: -A+A

A gigante de comércio online Alibaba irá um serviço de assinatura de streaming de vídeo na China, em um formato parecido com o Netflix, em dois meses

O serviço será chamado de TBO (Tmall Box Office) e oferecerá conteúdo comprado da China e de outros países, além de produções próprias, segundo o Business Insider.

O TBO vai entrar em um mercado competitivo de vídeo online na China, onde as empresas estão gastando bilhões de dólares para comprar conteúdo que atraia telespectadores suficientes para se tornar dominante.

O novo serviço da Alibaba tem entre os concorrentes as empresas Tencent Holdings, Baidu, iQiyi, Sohu.com e Leshi Internet Information & Technology Corp Pequim (LeTV).

“"Nossa missã é redefinir o entretenimento em casa. Nosso objetivo é sermos o que a HBO ou o Netflix são nos Estados Unidos", declarou um porta-voz da empresa.

Não está claro como o serviço se encaixaria com o Youku Tudou, uma das maiores plataformas de streaming de vídeo da China, da qual a Alibaba comprou uma participação de 16,5% no ano passado.

Ao contrário da maioria dos rivais domésticos, cerca de 90% do conteúdo do TBO será pago, tanto por assinatura mensal quanto por uma taxa paga por programa.

A própria Netflix também está considerando entrar no mercado da China, uma tarefa notoriamente difícil para as empresas de internet estrangeiras.

Em setembro do ano passado, a Alibaba realizou sua oferta pública inicial de ações, que foi o maior da história. O IPO foi fixado em US$ 68 por ação, levantando US$ 21,8 bilhões.

No primeiro trimestre de 2015, a receita do e-commerce da Alibaba cresceu 39%, para US$ 2,2 bilhões. O faturamento total da empresa nos três meses ficou em US$ 2,8 bilhões.

A empresa tem o plano de mais que dobrar seu volume de transações, alcançando mais de US$ 1 trilhão em cinco anos.

Veja também

ANALYTICS
Netflix: plataforma de análise da MicroStrategy

Netflix tem mais de 50 milhões de assinantes em mais de 40 países.

PRODUÇÃO
Amazon aposta em filmes para cinema

Filmes estarão no Prime Instant Video em quatro a oito semanas depois do lançamento nos cinemas.

INVESTIMENTO
Alibaba entra no mercado de smartphones

O Alibaba vai comprar uma participação na Meizu Technology por US$ 590 milhões.

SHOW ME THE MONEY
YouTube: audiência de 1 bilhão, lucro zero

A unidade foi responsável por 6% das vendas do Google em 2014, mas não contribuiu para o lucro.

VALE DO SILÍCIO
Alibaba: primeiro data center fora da China

O novo data center iniciará sua atuação atendendo empresas chinesas com base nos EUA.

TENCENT E FOXCONN
Gigantes chinesas miram carros conectados

Criadora do WeChat e fabricante de produtos da Apple querem atacar o mercado de automóveis.

VALORIZOU
AWS: um negócio de US$ 5 bilhões

Divisão de serviços de cloud da Amazon abriu seus resultados pela primeira vez.

STORAGE
TV Cultura: Quantum com AD Digital

 A AD-Digital foi o terceiro maior parceiro Quantum na América Latina durante o ano fiscal de 2015.