A Unisinos está com inscrições abertas para a especialização em engenharia de software. Foto: Divulgação.

A Unisinos está com inscrições abertas para o processo seletivo da primeira turma do curso de especialização em engenharia de software da universidade. 

A especialização tem o objetivo de qualificar profissionais para atuar na concepção da arquitetura e no desenvolvimento de soluções de software. O curso ocorre predominantemente na modalidade à distância, com algumas unidades temáticas presenciais, para integralização e práticas.

O curso é dividido em sete módulos, com carga-horária de 420 horas e duração total de quatorze meses, sendo doze com aulas e atividades, mais dois meses de elaboração do trabalho de conclusão do curso.

As aulas e avaliações presenciais serão realizadas no campus Porto Alegre da Unisinos, nas sextas-feiras (tarde e noite) e nos sábados (manhã e tarde).

“O curso diferencia-se por ter sido construído a partir de uma abordagem teórico-prática. Essa abordagem aproxima o aluno de situações problemáticas reais e da realidade profissional, além de desenvolver habilidades sociais, em espaços dinâmicos de aprendizagem para interação e realização de projetos conjuntos”, relata a coordenadora do curso, Josiane Brietzke Porto.

O curso busca formar profissionais especializados e de alto desempenho, com habilidades sociais, tais como comunicação, liderança, resolução de conflitos e trabalho em equipe. 

“Um profissional que tenha condições de identificar novas oportunidades de negócio e de desenvolver soluções inovadoras, que podem trazer benefícios sociais e econômicos à sociedade” afirma a coordenadora.

A especialização possui como público alvo profissionais com curso superior na área de tecnologia da informação, com experiência na área de desenvolvimento de software e sólidos conhecimentos em programação. 

As aulas da 1ª edição estão previstas para iniciar no mês de setembro de 2016.

Com 45 anos de existência, a Unisinos tem cerca de 30 mil alunos em cursos de graduação, pós-graduação e extensão. Hoje a universidade tem operações em Canoas, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Porto Alegre, além do campus principal, em São Leopoldo.