Programa de Promoção da Economia Criativa busca projetos de todo o Brasil. Foto: Sergey Nivens/Shutterstock.

A Samsung e a Anprotec lançaram uma chamada para seleção de incubadoras de empresas de todo o país interessadas em participar do Programa de Promoção da Economia Criativa.

O objetivo do projeto é identificar e oferecer suporte a projetos e empreendimentos de economia criativa do Brasil. O prazo para submissão de propostas vai até o dia 2 de outubro.

As propostas submetidas serão avaliadas por uma banca especializada. Na fase piloto do programa serão pré-selecionadas até quatro incubadoras de empresas, distribuídas entre as diferentes regiões do país.

As incubadoras de empresas selecionadas receberão treinamentos focados na criação de empreendimentos de alto impacto econômico e social, a partir do modelo coreano de cultura de economia criativa, implantado na Coreia do Sul pelo CCEI Daegu – Centro de Economia Criativa e Inovação.

Ao participarem do programa, as incubadoras de empresas terão a oportunidade de implementar o modelo a partir do compartilhamento de documentos, tecnologias e práticas desenvolvidos pelo CCEI.

Podem se candidatar incubadoras de empresas associadas à Anprotec que estejam em operação há no mínimo três anos e mantenham, pelo menos, cinco empresas incubadas. 

Tanto as incubadas quanto as graduadas pela instituição devem atuar em áreas prioritárias do programa: educação, saúde, segurança da informação e demandas empresariais móveis (telefones, tablets e wearable).

Além disso, a incubadora precisa ser credenciada pelo Comitê da Área de Tecnologia da Informação (CATI), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), ou do Comitê das atividades de Pesquisa e Desenvolvimento da Amazônia (Capda), e estar regularizada junto ao MCTI para exercício da aplicação de recursos provenientes de Lei de Informática.

No envio das propostas, as incubadoras devem preencher o Formulário de Inscrição disponível online e enviar a documentação, por correio, para a Anprotec, até o dia 2 de outubro.

O Programa de Promoção da Economia Criativa Brasileira (PECB) é resultado da parceria firmada em abril deste ano entre Samsung e Anprotec. 

Por meio da parceria, a Anprotec se comprometeu a realizar treinamentos, articular políticas públicas e propagar conhecimento sobre economia criativa junto a seus associados e empresas inovadoras. 

A Samsung, por sua vez, atua como facilitadora da relação entre a Anprotec e o CCEI, identificando projetos aptos a participarem do programa. Em cinco anos, a empresa investirá US$ 5 milhões no projeto.