Siegfried Koelln, diretor da SKA.

A SKA, empresa de soluções para manufatura de São Leopoldo, assinou um contrato para ser representante no Brasil da Altium, multinacional australiana especializada em software para design de eletroeletrônicos (ECAD, na sigla em inglês).

Com o Altium é possível solucionar a questão do gerenciamento de dados, tornando possível desenvolver projetos eletrônicos, FPGA (Field Programmable Gate Arrays), sistemas embarcados, layout de placas de circuito impresso, entre outras funcionalidades.

“Oferecemos esta plataforma ECAD que ainda é pouco conhecida no nosso país, mas que já está sendo utilizada por empresas que são líderes mundiais e que certamente fará a diferença para as empresas brasileiras”, afirma Siegfried Koelln, diretor da SKA.

A Altium faturou R$ 138 milhões no ano fiscal 2013, alta de 12%. Alguns dos clientes são Full Gauge, BAE Systems e Bosch, entre outros.

No Rio Grande do Sul, um usuário é o O Laboratório de Modelagem Elétrica, Térmica e Mecânica de Encapsulamento de Semicondutores (ModelLab) da Unisinos.

O portfólio da SKA inclui produtos líderes em seus segmentos, como Stratasys, Objet, SolidWorks, Edgecam, VISI, Machining Strategist, Lantek, além de serviços de treinamento, suporte, consultoria, implantação e integração CAD e PDM com sistemas ERP.

A empresa tem 120 colaboradores e seis escritórios no Brasil. O faturamento projetado para 2013 chega a R$ 40 milhões, uma alta de 50% frente ao ano passado.