Jim Heppelmann, CEO da PTC. Foto: Baguete

Tamanho da fonte: -A+A

A Capgemini, multinacional francesa de serviços de consultoria, tecnologia e terceirização, assinou um acordo com a PTC para começar a oferecer as soluções de gestão de ciclo de vida do produto (PLM, na sigla em inglês) da companhia americana.

O acordo foca setores como aeroespacial, defesa e automotivo, principalmente nos mercados da França, no Reino Unido e na Alemanha.

“A nossa estratégia de crescimento visa atingir metas de vendas bem ambiciosas para as soluções empresariais”, esclarece Marc Diouane, vice-presidente executivo de Serviços e Parcerias Globais da PTC.

O acordo é mais um passo da estratégia da PTC visando colocar o conceito de PLM no centro das preocupações das grandes companhias, no lugar tradicionalmente ocupado pelos sistemas de gestão, ou ERPs.

A meta da PTC é crescer no mercado de PLM, onde há mais possibilidades de crescimento que na área de CAD, onde a empresa começou e a competição é feroz e as margens apertadas.

Os softwares de PLM dividem mais ou menos meio a meio, junto com as tradicionais soluções de CAD, o faturamento de US$ 1,3 bilhão esperado para este ano.

Com mais de 125 mil profissionais em 44 países, a Capgemini é um dos principais provedores globais de serviços de consultoria, tecnologia e terceirização. Em 2012, o Grupo reportou uma receita global de 10,3 bilhões de euros.  

Em 2010, o Grupo Capgemini adquiriu a brasileira CPM Braxis, que vem operando com sucesso no Brasil por mais de 30 anos.