Bruna Eboli é nova coordenadora regional da Endeavor.

Tamanho da fonte: -A+A

A Endeavor, ONG multinacional de apoio a negócios inovadores, quer começar a trabalhar com mais duas empresas no Rio Grande do Sul até o final de 2013.

“Estamos com um novo time em Porto Alegre visando identificar esses negócios”, revela Bruna Eboli, nova coordenadora regional da Endeavor. Bruna começou em janeiro na organização, vinda da ADVB-RS, onde era coordenadora de projeto.

A Endeavor escolhe as empresas por meio de busca ativa e indicações de integrantes do seu network, a partir da qual é feita a seleção. Não existem editais ou um processo no qual as empresas possam se inscrever.

No começo do ano, a ONG anunciou o apoio ao primeiro negócio gaúcho. A escolhida foi a Ambar, uma empresa de Caxias que faz produção em escala de sistemas elétricos para projetos construção civil de baixo custo, como os enquadrados no Minha Casa, Minha Vida.

No Brasil, a Endeavor já apoia 58 empresas e 109 empreendedores, geradores de um faturamento de R$ 2,4 bilhões e crescimento médio anual de 40% a 50%. Individualmente, o maior setor de onde vem as empresas apoiadas é TI, com quase um terço do total.

A ONG potencializa os negócios escolhidos através de coaching com empresários que colaboram aconselhando os empreendedores e acesso a eventos com investidores, consultoria, etc.

No Rio Grande do Sul o grupo de empresários parceiros Ricardo Vontobel (Vonpar), Alfredo Fedrizzi (Escala) e Jorge Strassburger (Paquetá), entre outros. Na área de TI, participa Victor Knewitz, da Zenvia.

TIME
Além de Bruna, o novo time na capital inclui Henrique Garrido, estudante do curso de Administração com foco em Inovação e Liderança pela Unisinos, responsável pela busca e seleção e Luiza Zanotto, estudante de Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas UFRGS.