WEARABLES

Totvs está pronta para o Google Glass

16/04/2014 16:07

Centro de inovação da Totvs instalado no Vale do Silício já tem pronta uma aplicação para o Google Glass.

Vicente Goetten. Foto: Marcelo Hamamoto/Totvs.

Tamanho da fonte: -A+A

O Totvs Labs, centro de inovação da Totvs instalado em Mountain View, no Vale do Silício, já tem pronta uma aplicação para o Google Glass, óculos conectado do Google que deve estar disponível no segundo semestre.

De acordo com Vicente Goetten, profissional catarinense que comanda o Totvs Labs, o aplicativo desenvolvido faz uso das funcionalidades de informações sobre pessoas e empresas disponíveis no Fluig, plataforma de colaboração e workflow da Totvs.

“Já estamos desenvolvendo usos interessantes para saúde, manufatura e construção”, aponta Goetten, que começou a carreira em uma franquia da Datasul e hoje comanda uma equipe de 15 pessoas no laboratório da Totvs na Meca da tecnologia.

Uma análise do Gartner, computando a receita combinada dos vestíveis, mais os apps e serviços relacionados, prevê uma alta de US$ 1,6 bilhão no ano passado para US$ 5 bilhões até 2016.

A Deloitte já incluiu tecnologias do gênero como o Google Glass, a crescente gama de smartwatches e outros aparelhos com capacidades de medição de sinais corporais na sua lista de tecnologias “disruptivas”, junto com suspeitos habituais como crowdsourcing, softwares analíticos e mobilidade.

O Totvs Labs tem desempenhado um papel importante no Fluig, plataforma que a gigante brasileira de software, com faturamento de R$ 1,6 bilhão em 2013, quer emplacar como a nova interface dos seus produtos.

Parte das funcionalidades de identificação única da plataforma foram desenvolvidos na Califórnia, com base em padrões abertos. Os projetos futuros incluem funcionalidades de rastreamento baseadas no conceito de Internet das Coisas, adianta Goetten.

De acordo com o executivo, não tem sido difícil para a Totvs encontrar profissionais de TI qualificados em no mercado de talentos mais competitivos do mundo.

“Nós oferecemos o ambiente de trabalho das startups de tecnologia, mas com o respaldo de uma gigante por trás. Não temos a pressão de falir no próximo trimestre”, resume Goetten. 

* Maurício Renner cobriu o Universo Totvs em São Paulo à convite da Totvs.

Veja também

MOBILIDADE
VMware mira MDM e compra AirWatch

Compra dá novo gás à multinacional e seu foco em gerenciamento de dispositivos móveis.

NOVOS FOCOS
Apple de olho em carros e medicina

Pensando em um possível declínio nas vendas de seus smartphones e tablets, empresa mira novos mercados.

DESENVOLVIMENTO
Google quer vencer nos wearables

Companhia lançará kit de desenvolvimento Android para aplicações em wearables.

NORDESTE
ThoughtWorks e Totvs ampliam no Recife

Duas empresas anunciaram ampliações das suas operações na capital pernambucana.

INTERNACIONALIZANDO
Totvs e Resource miram o Vale do Silício

Resource investirá na criação de um polo de inovação e Totvs firmou parceria com Moxtra.

DELOITTE
Wearables: tendência do corporativo?

Deloitte aponta vestíveis como tendência para TI corporativa.